Ensino superior vai ter mais oito vagas. Veja a lista completa cursos

Universidades e politécnicos vão ter 51568 vagas disponíveis no ano letivo que se aproxima.

Começa esta quarta-feira o prazo de candidatura à 1.ª fase do concurso nacional de acesso ao ensino superior público. As candidaturas podem ser apresentadas até 6 de agosto.

O Governo espera um número de candidatos semelhante ao que surgiu no ano letivo passado e também vai disponibilizar praticamente o mesmo número de vagas: 51.568, ou seja, mais 8 que em 2018.

Das 33 instituições de ensino superior, 15 ficam exatamente com o mesmo número de vagas, 8 descem ligeiramente e 10 sobem ligeiramente.

Com mais 62 vagas o ISCTE - Instituto Universitário de Lisboa lidera as subidas seguido da Universidade do Porto (+55).

CONSULTE AQUI A LISTA DE VAGAS DA PRIMEIRA FASE DO CONCURSO DE ACESSO AO ENSINO SUPERIOR

Do outro lado as descidas são lideradas pelo Instituto Politécnico de Santarém (-70 vagas) e o Instituto Politécnico de Leiria (-55).

Na lista de mais de mil cursos disponíveis o que mais aumenta o número de vagas fica no Instituto Politécnico de Coimbra, mais precisamente na Escola Superior Agrária de Coimbra: o curso de Turismo em Espaços Rurais e Naturais passa a ter 46 em vez das 20 vagas de 2018.

O curso de Ecologia e Ambiente da Universidade de Évora também duplica o número de lugares (10 para 20), seguindo-se o curso de Desporto e Bem-Estar do Instituto Politécnico de Leiria (28 para 48).

No outro extremo o curso de Silvicultura e Caça em Vila Real lidera as perdas passando a ter metade das vagas que tinha (20 para 10).

Segue-se o curso de Tecnologias de Diagnóstico e Terapêutica da Universidade do Minho (55 para 33) e o de Turismo e Lazer no Politécnico de Beja (40 para 24).

Patrocinado

Apoio de

Patrocinado

Apoio de