Fornos de Lava com pitéus açorianos

Na ilha açoriana de S. Jorge, onde as fajãs são ex-libris da paisagem, há um restaurante nas proximidades da vila de Velas, em inusitada forma circular, com vista privilegiada para o Pico e Faial e um forno a lenha.

É «a ilha de cabelos verdes e corpo alto», no retrato poético de Carlos Faria. Em São Jorge, sente-se toda a dimensão dos Açores, arquipélago «onde o coração do mar se povoa de sonhos e os homens se agigantam de ternura».

É a ilha das fajãs - 46 ao todo -, pedaços de terra plana, que beijam o mar aos pés das arribas, de onde escorregaram pedras e terra, amassadas pela lava junto ao oceano. É a ilha onde a natureza também foi caprichosa. É a ilha dos contrastes da paisagem e do famoso queijo. De gente afável, que alegra as ruas da vila das Velas, o mais importante centro urbano.

A poucos quilómetros, na freguesia de Santo Amaro, um galego, apaixonado pelos Açores, abriu, nos finais de 2003, o restaurante Fornos de Lava.

Ao lado, várias construções tradicionais, em pedra basáltica, foram recuperadas para dar corpo a um complexo hoteleiro.

O sítio é magnífico: em frente, a duas passadas do olhar, o Pico; um pouco mais distante, sobre a direita, o Faial.

O restaurante, construído em pedra e madeira, está num plano elevado, rodeado de luxuriante arvoredo. A sala tem um curioso formato arredondado, com um teto semelhante ao tradicional chapitô circense. O forno a lenha desperta a atenção no vasto espaço, preenchido com mesas bem separadas, criando maior privacidade.

A esplanada oferece uma vista arrebatadora. É o ponto ideal para contemplar o pôr-do-sol, saboreando uma bebida antes de tomar assento, na sala, de ambiente rústico, junto a uma das amplas vidraças.

A influência da cozinha galega é notória em algumas das propostas, mas os pratos tradicionais açorianos estão em maioria.

Na mesa, queijo fresco, pimenta da terra e pão de milho acabado de cozer no forno a lenha desaparecem num ápice, antes mesmo da chegada das amêijoas da fajã da caldeira de Santo Cristo. Famosas pelo tamanho e sabor, são de comer e chorar por mais.

As lapas grelhadas, rivais à altura, podem ser alternativa neste capítulo.

Na fase seguinte, há várias propostas: as parrilhadas e as cataplanas: de peixe e lapas; de carne e amêijoas, bem temperadas com salsa acabada de colher na horta biológica mesmo ao lado do restaurante.

Nas carnes, destacam-se o bife com molho pimenta, acompanhado com batata doce e abóbora no forno; carne de vaca com queijo da Ilha derretido; peito de frango grelhado e costeleta de vitela.

Para terminar, trufas de chocolate e mousse de abacate são excelentes propostas.

Boa carta de vinhos. Serviço muito simpático.

Restaurante FORNOS DE LAVA, em Santo Amaro, S. Jorge, nos Açores.

Localização: Santo Amaro (Velas), S. Jorge

Telef.: 295 432 415; 917 394 977

Continuar a ler

Patrocinado

Apoio de

Patrocinado

Apoio de

Patrocinado

Apoio de