Notas de Português e Matemática sobem. Médias de Filosofia e Física e Química descem

Todas as médias dos exames da primeira fase foram positivas, exceto a de Filosofia.

As disciplinas com mais alunos inscritos para prova registaram subidas. Os resultados apresentados esta sexta-feira pelo Ministério da Educação mostram que a média de Português subiu oito décimas (de 11,0 para 11,8), e a média de Matemática quase igualou este número. Em relação a 2018, Matemática A melhorou em seis décimas (de 10,9 para 11,5 valores), o que se traduziu numa redução da taxa de reprovação, de 14 para 12%.

A prova desta unidade curricular foi, após o momento de avaliação, criticada pela Sociedade Portuguesa de Matemática, que a considerou "pobre" por não avaliar "de forma equilibrada a aprendizagem prevista no currículo do ensino secundário".

Neste exame, mais de 1200 alunos atingiram notas entre o 19 e 20. Na prova de Português, mil estudantes conseguiram superar os 18 valores. A taxa de reprovação nesta unidade curricular não passou dos 4%.

Física e Química, Filosofia e Geografia assinaram descidas. Filosofia teve mesmo um resultado negativo nas provas da primeira fase, com 9,8 valores. As restantes disciplinas registaram uma média positiva.

A média de Física e Química desceu 0,6 valores, para 10,0, e a taxa de reprovação passou para os 14% (mais quatro do que em 2018).

Houve também descidas nas classificações médias de Filosofia - de 11,1 para 9,8 - e Geografia A - de 11,6 para 10,3.

Patrocinado

Apoio de

Patrocinado

Apoio de