Álvaro Amaro entre os cinco arguidos da megaoperação em 18 autarquias

Autoridades realizaram buscas em 18 câmaras municipais do Norte e Centro do País. Transportadora Transdev é outra das entidades visadas.

O ex-autarca da Guarda e eurodeputado eleito pelo PSD, Álvaro Amaro está entre os cinco arguidos no âmbito da operação Rota Final , avança o DN. Antes, a Procuradoria-Geral Distrital (PGD) de Coimbra tinha divulgado que outras quatro pessoas, entre ex-autarcas, funcionários de autarquias e de uma empresa de transportes, foram constituídas arguidas no âmbito da operação Rota Final.

Em causa está uma operação da Polícia Judiciária (PJ), hoje divulgada, sobre um alegado esquema fraudulento de viciação de procedimentos de contratação pública.

A PJ fez buscas em 18 câmaras municipais do Norte e Centro do país, num processo em que a operadora de transportes públicos Transdev também é visada.

A câmara das Guarda é uma das que foi alvo de buscas por negócios realizados quando Álvaro Amaro era ainda Presidente. O antigo autarca interrompeu o mandato em abril para fazer parte da lista do PSD ao parlamento europeu.

"No decurso desta operação, foram, até agora, constituídos quatro arguidos, entre ex-autarcas, funcionários de autarquias e de uma empresa de transportes", refere a Procuradoria de Coimbra.

Patrocinado

Apoio de

Patrocinado

Apoio de