TSF vence prémio da Associação Nacional de Municípios

"Eles que se atrevam", uma reportagem de Bárbara Baldaia e Joaquim Dias, venceu o 1.º prémio na Categoria Rádio.

A reportagem "Eles que se atrevam", de Bárbara Baldaia, com sonoplastia de Joaquim Dias, conta a história das cinco mulheres eleitas nas primeiras autárquicas a seguir ao 25 de abril de 1974.

O júri decidiu atribuir, "por unanimidade", o primeiro prémio à reportagem da TSF.

Ouça a reportagem aqui .

Em 1976, elas ficaram conhecidas como "as cinco magníficas" por terem desafiado preconceitos e enfrentado o poder maioritariamente masculino.

Na categoria imprensa, o primeiro prémio foi atribuído ex-aequo aos trabalhos "Um milhão para fazer da "terra dos índios" a "capital dos doces e das magnólias"", da jornalista Céu Neves, do Diário de Noticias, e "A Sophia que o people lá do bairro gostava", do jornalista João Pedro Pincha, do Público.

Na categoria televisão, recebeu o primeiro prémio o trabalho "Renascer das cinzas: um ano depois", de Catarina Canelas e Romeu Carvalho, da TVI.

Foram ainda atribuídas menções honrosas aos trabalhos "Saudades lá do bairro", de João Pedro Pincha (Público), "Cidade imaginada", de José Guerreiro e Rui Soares (Antena 1); "Caminhos d"El Rey", de Paulo Anastácio e Paulo Reis (Antena 1) e "Um ano na terra queimada", de Paulo Lencastre Leitão e Sandro Garcia.

Patrocinado

Apoio de

Patrocinado

Apoio de