Jaime Marta Soares quer medidas concretas para proteger bombeiros da Covid-19

Presidente da Liga dos Bombeiros Portugueses diz que "estas coisas não podem ser tratadas apenas por mensagens políticas".

A Liga dos Bombeiros Portugueses quer medidas concretas para proteger os bombeiros da Covid-19 e, para isso, já pediu uma reunião com urgência à secretária da Estado da Administração Interna, Patrícia Gaspar.

Jaime Marta Soares que quer também esteja presente um representante do ministério da Saúde nesta reunião.

"É um alerta", começa por notar o líder da liga, porque "estas coisas não podem ser tratadas apenas por mensagens políticas, estamos fartos de mensagens políticas".

"Queremos respostas concretas a casos concretos e medidas excecionais para casos excecionais. Declarações na Assembleia da República e para a imprensa, sobre todas estas questões, são muito bonitas, mas não nos governamos com esse tipo de declarações porque nós é que estamos na primeira linha", explicou à TSF Jaime Marta Soares.

Na origem deste pedido de reunião está o surto de Covid-19 identificado nos bombeiros de Queluz, um cenário concentrado de casos, mas Jaime Marta Soares assegura que todos os dias há muitos casos de Covid-19 entre bombeiros.

"Temos todos os dias muitos casos, de muitas centenas de bombeiros, que são testados todos os dias e outros casos, entre 50 e 100, em que é declarada a infeção pela Covid-19. A Autoridade Nacional de Proteção Civil dispensava isso. Já são muitas largas centenas de bombeiros infetados e há alguns que estão em quarentena", revelou o presidente da Liga dos Bombeiros portugueses.

Outras Notícias

Outros Conteúdos GMG

Patrocinado

Apoio de