Jovem português recebe bolsa de doutoramento de 120 mil euros

João Lourenço Barata foi um dos investigadores selecionados pela Fundação 'La Caixa' para receber uma bolsa no âmbito do programa de doutoramento INPhINIT, cofinanciado pela Comissão Europeia e com a duração máxima de três anos.

Um investigador português vai receber uma bolsa de cerca 120 mil euros para tirar um doutoramento em Física Nuclear e de Partículas, no Instituto Galego de Física de Altas Enerxías (IGFAE), em Santiago de Compostela, foi anunciado esta terça-feira.

João Lourenço Barata foi um dos investigadores selecionados pela Fundação 'La Caixa' para receber uma bolsa no âmbito do programa de doutoramento INPhINIT, cofinanciado pela Comissão Europeia e com a duração máxima de três anos, informou a fundação em comunicado.

Este programa, que atribuiu 57 bolsas a jovens de várias nacionalidades, tem o objetivo de "incluir jovens talentos" nas universidades e nos centros de investigação de referência de Espanha.

O jovem português, que estudou no Instituto Superior Técnico, em Lisboa, e no Departamento de Física Teórica da Universidade de Oxford, já recebeu também uma bolsa do programa Novos Talentos em Matemática, da Fundação Calouste Gulbenkian, atribuído a jovens portugueses promissores em áreas relacionadas com a matemática.

Patrocinado

Apoio de

Patrocinado

Apoio de

Outros Artigos Recomendados