Jovem suspeito de planear atentado em Lisboa fica em prisão preventiva

Juíza validou a indicação de terrorismo.

O jovem suspeito de planear o ataque terrorista na Faculdade de Ciências da Universidade de Lisboa (FCUL) vai ficar em prisão preventiva, avança a CNN. A juíza validou a indicação de terrorismo.

O rapaz de 18 anos foi detido na quinta-feira pela Polícia Judiciária (PJ), que diz ter impedido assim uma "ação terrorista" e ter apreendido várias armas proibidas.

Em comunicado com o título "Impedida ação terrorista", a PJ disse que a investigação que levou à detenção foi desencadeada "por suspeitas de atentado dirigido a estudantes universitários da Universidade de Lisboa".

Através da Unidade Nacional Contraterrorismo, a PJ encetou na quinta-feira de manhã a operação, cumprindo mandados de busca domiciliária.

Fonte ligada ao processo disse entretanto à agência Lusa que o alerta para o atentado terrorista foi dado pelo FBI, unidade de polícia do Departamento de Justiça dos Estados Unidos.

A mesma fonte confirmou que o detido tem nacionalidade portuguesa e que o ataque estava previsto para esta sexta-feira.

No entanto, a fonte adiantou que seria um atentado a título individual e não teria por detrás a ação de um grupo.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG

Patrocinado

Apoio de