Líder da JSD defende reabertura de bares e discotecas para jovens vacinados contra a Covid-19

O líder da JSD sublinha que é importante pensar na proteção individual e coletiva.

Alexandre Poço, líder da JSD, lembra que os bares e discotecas estão fechados há mais de um ano e meio. Por isso, defende em entrevista à TSF que a reabertura para quem está vacinado poderia servir de incentivo aos jovens para tomarem a vacina contra a Covid-19.

"Poderá pensar-se que um incentivo interessante é, o mais rapidamente possível, nós abrirmos esses espaços - bares e discotecas - a quem está vacinado, ou seja, não ser 'vacina-te porque assim podes sair à noite', mas 'vacina-te, porque te protege, porque protege os outros, porque ajudas a combater a pandemia' e ainda existe esse incentivo", sustenta

O governo já admitiu abrir bares e discotecas para quem tenha o certificado digital da Covid-19. O líder da JSD sublinha que é importante pensar na proteção individual e coletiva: "Para aqueles que são mais novos, para aqueles que podem sentir que a pandemia lhes está a retirar uma viagem de finalistas, um baile de finalistas do 9.º ano, viagens de estudo, férias com os amigos em colónias escolares, penso que o importante é entenderem que, em primeiro lugar, esta situação passará, mas que passará, sobretudo, se cada um de nós assumir a tal postura de proteção individual e proteção coletiva."

Os casos positivos de Covid-19 entre os mais novos têm vindo a aumentar. Para sensibilizar os estudantes, a Federação académica do Porto lança na próxima semana, uma campanha chamada "Cada um por todos". A presidente da Federação Académica do Porto, Ana Gabriela Cavilhas, salienta que a mensagem deve ser passada de estudante para estudante.

"Esta é uma campanha que terá uma forte presença no digital. É uma campanha de estudantes para estudantes, mas também estaremos na próxima semana no terreno, em zonas da cidade do Porto, para termos uma ação no terreno com os dirigentes associativos e com os jovens", sublinha.

A presidente da FAP garante que, ao contrário do que se possa pensar, os jovens não são irresponsáveis.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG

Patrocinado

Apoio de