Lidl recolhe máquinas de café devido a risco de choque elétrico

A máquina foi vendida entre os dias 17 de junho e 14 de julho passado, segundo o aviso, sendo os utilizadores reembolsados do valor da compra aquando da devolução do equipamento.

O Lidl está a recolher máquinas de café expresso da marca Silvercrest vendidas em Portugal em junho e julho deste ano devido ao risco de choque elétrico, segundo um alerta da Direção Geral do Consumidor (DGC).

"Na sequência de um defeito de produção, verifica-se um potencial risco de choque elétrico no artigo acima mencionado", explica o Lidl no alerta publicado há uma semana na página de internet da DGC, precisando ser "urgente" a devolução do artigo para a Kompernaß Handelsgesellschaft e apelando "à não-utilização do mesmo".

A máquina, que tem o número internacional de artigo (IAN) 313486, foi vendida entre os dias 17 de junho e 14 de julho passado, segundo o aviso, sendo os utilizadores reembolsados do valor da compra aquando da devolução do equipamento.

A campanha de recolha está também a decorrer em outras lojas da Lidl da Europa, refere uma nota da Kompernaß Handelsgesellschaft publicada no seu site.

"Devido a um erro de fabrico, existe a possibilidade de ocorrência de choque elétrico em alguns aparelhos [...]. Por conseguinte, a empresa Kompernaß Handelsgesellschaft mbH apela a todos os clientes para que tenham em conta este aviso de recolha e suspendam a utilização do artigo em questão", adianta.

A DGC, enquanto ponto de contacto nacional do "Safety Gate - Sistema de alerta rápido para produtos perigosos não alimentares", anteriormente designado sistema rapex, transmitiu o alerta às autoridades nacionais de fiscalização do mercado.

Patrocinado

Apoio de

Patrocinado

Apoio de

Outros Artigos Recomendados