As çojas de cosmética estão entre os estabelecimentos autorizados a funcionar durante o estado de emergência
Covid-19

Lojas de cosmética e de bricolage abertas. Afinal, nem só de bens essenciais se faz um estado de emergência

Já são conhecidos os serviços e atividades que vão permanecer abertos, durante o estado de emergência, decretado pelo Presidente da República, em resposta à pandemia de Covid-19.

O decreto com a decisão, que saiu do Conselho de Ministros desta quinta-feira, foi agora publicado. Mas, afinal, a lista de estabelecimentos autorizados a continuar a funcionar é muito mais extensa do que aquilo que seria de esperar, após as declarações feitas pelo primeiro-ministro, António Costa, após a reunião, nas quais se havia referido, essencialmente, às lojas e serviços de bens essenciais.

Entre os pontos mais surpreendentes desta lista encontram-se, por exemplo, as lojas de produtos de cosmética, de venda de animais e de materiais de bricolage.

As medidas de emergência decretadas pelo Governo entram em vigor a partir das 0h00 do próximo domingo, dia 22 de março.

Confira a lista completa dos estabelecimentos que vão permanecer abertos:

Alimentação

Vão permanecer de portas abertas os espaços para compra de alimentos como mercados, minimercados, supermercados, hipermercados, frutarias, talhos, peixarias e padarias. Devem também continuar ativos os serviços de produção e distribuição agroalimentar e as lotas.

Quanto aos restaurantes, cafés e outros estabelecimentos do género, poderão apenas funcionar para serviço de entrega de refeições ao domicílio ou takeaway.

Assistência médica

Também essenciais são os serviços médicos ou outros serviços de saúde e apoio social, pelo que têm de permanecer ativas. Também as farmácias e locais de venda de medicamentos não sujeitos a receita médica, assim como os estabelecimentos de produtos médicos e ortopédicos e os oculistas vão continuar abertos.

Cuidados de higiene, beleza e saúde

Os estabelecimentos de produtos cosméticos e de higiene e as lojas de venda de produtos naturais e dietéticos não vão precisar de fechar portas.

Serviços de manutenção e transportes

O Governo fez questão de assegurar que se mantêm os serviços públicos essenciais e a respetiva reparação e manutenção. Falamos da água, energia elétrica, gás natural e gases de petróleo liquefeitos canalizados, comunicações eletrónicas, serviços postais, serviço de recolha e tratamento de águas e esgotos e serviços de gestão de lixo e higiene urbana.

Garantida está também a continuidade do serviço de transporte público de passageiros.

Serviços de tabacaria

Para comprar jornais, revistas, tabaco e os jogos sociais, por exemplo. As papelarias e tabacarias mantêm-se abertas.

Cuidados com animais

Em funcionamento continuam também as clínicas veterinárias e os estabelecimentos de venda de animais de companhia, assim como dos respetivos alimentos.

Plantas

Estabelecimentos de de venda de flores, plantas, sementes e fertilizantes estão autorizados a continuar a receber clientes.

Ferramentas e bricolage

Sejam drogarias; lojas de ferragens ou estabelecimentos de venda de material de bricolage - todos podem manter-se abertos, durante o estado de emergência.

Combustível e automóveis

O combustível é considerado outro bem essencial, pelo que os postos de abastecimento e os estabelecimentos de venda de combustíveis para uso doméstico vão ficar abertos.

Ainda em funcionamento vão continuar os estabelecimentos de manutenção e reparação de veículos automóveis e motociclos, tratores e máquinas agrícolas, bem como para venda de peças e acessórios e serviços de reboque.

Aparelhos eletrónicos

Se algum eletrodoméstico avariar durante o estado de emergência, vai ser possível resolver a situação de imediato. É permitida a atividade das lojas de venda e reparação de eletrodomésticos, equipamento informático e de comunicações, assim como a respetiva reparação.

Banca e seguros

Os estabelecimentos de serviços bancários, financeiros e seguros têm a atividade assegurada, durante o estado de emergência.

Funerárias

Agências funerárias e outros serviços similares vão estar em funcionamento.

Segurança

Da lista de serviços autorizados a permanecer em funcionamento, estão também os erviços de segurança e vigilância.

Serviços ao domicílio

E com uma densa massa de população confinada em casa, não é de estranhar que também os serviços de entrega, de manutenção e de reparações ao domicílio se mantenham.

Limpeza

Num tempo em que a higiene é uma das armas mais poderosas em defesa da nossa saúde, o Governo decidiu manter em funcionamento as atividades de limpeza, desinfeção, desratização e similares. Também os estabelecimentos de lavagem e limpeza a seco de têxteis e peles permanecem abertos.

Turismo e Alojamento

À exceção dos parques de campismo, os estabelecimentos turísticos vão poder continuar a receber clientes. O alojamento estudantil foi outra preocupação do Governo, que fez que estão de garantir que estes serviços se mantêm ativos.

SAIBA TUDO SOBRE O SURTO DE COVID-19

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG

Patrocinado

Apoio de