Madeira com mais duas mortes e 148 novos infetados soma 1680 ativos de Covid-19

Morreram no Hospital Dr. Nélio Mendonça, no Funchal, dois homens com 84 e 89 anos que se encontravam internados na Unidade Polivalente da Covid-19.

A Madeira registou esta segunda-feira mais dois óbitos associados à Covid-19, elevando o número de vítimas mortais para 29, num dia em que foram reportados 148 novos infetados e um total de 1680 ativos, revelou a Direção Regional de Saúde.

De acordo com o Serviço Regional de Saúde, faleceram esta segunda-feira no Hospital Dr. Nélio Mendonça, no Funchal, dois homens com 84 e 89 anos que se encontravam internados na Unidade Polivalente da Covid-19 e tinham comorbilidades associadas.

No boletim epidemiológico, a autoridade de saúde da Madeira menciona que, dos novos casos positivos, 142 são de transmissão local, associados a contactos ou contextos de outras situações positivas.

Existem outros seis casos importados, sendo quatro oriundos da Região de Lisboa e Vale do Tejo, um dos Açores e outro da Alemanha.

"São 1680 os casos ativos, dos quais 118 são casos importados e 1562 são de transmissão local" esta segunda-feira na Madeira, pode ler-se na informação.

Relativamente às pessoas nesta situação, 69 estão hospitalizadas (66 em Unidades Polivalentes e três na Unidade de Cuidados Intensivos dedicada à Covid-19 no Dr. Nélio Mendonça), adianta.

Outros 57 doentes cumprem isolamento numa unidade hoteleira dedicada e os restantes em alojamento próprio, complementa.

A DRS indica que esta segunda-feira existem outras 283 novas situações que em estudo pelas autoridades de saúde, que foram reportadas à linha SRS24 ou ao Serviço Regional de Saúde (SESARAM), estando em curso as respetivas investigações epidemiológicas.

Sobre a atividade da linha SRS 24, menciona que recebeu um total de 31 755 chamadas, enquanto a Linha de Apoio Psicológico da Direção Regional da Saúde soma 2617 atendimentos.

Em matéria de vigilância ativa de contactos de casos positivos notificados no arquipélago, diz que 2239 pessoas estão a ser acompanhadas pelas autoridades de saúde dos vários concelhos da Madeira e no Porto Santo.

Na iniciativa de controlo de viajantes, estão a ser acompanhadas 5145 pessoas, com recurso à aplicação de telemóvel MadeiraSafe, noticia.

O boletim também destaca a situação da realização de testes de despiste de Covid-19 efetuados no arquipélago, mencionando que nos portos e aeroportos foram reportadas 149 623 de colheitas.

Por seu turno, o laboratório do SESARAM processou 255 413 amostras.

"Até hoje [18 de janeiro de 2021], foram contabilizados na Madeira 5099 casos suspeitos de Covid-19, dos quais 1460 não se confirmaram", recorda a autoridade regional de saúde deste arquipélago.

Também realça que há mais 66 casos recuperados, somando 1930 os doentes curados de Covid-19. Numa análise por concelho, o Funchal surge em primeiro lugar da lista com 1315 casos confirmados desde o início da pandemia, somando mais 41 doentes esta segunda-feira em comparação com os números de domingo.

Com mais de três dígitos surgem os municípios de Câmara de Lobos que tem 653 casos ativos (+32), Santa Cruz com 531 (+48), Machico com 221(+16), Ribeira Brava tem 101 (+ 4 casos), enquanto a ilha do Porto Santo mantém as 61 situações.

A pandemia da Covid-19 provocou, pelo menos, 2 031 048 mortos resultantes de mais de 94,9 milhões de casos de infeção em todo o mundo, segundo um balanço feito pela agência noticiosa francesa AFP.

Em Portugal, morreram 9028 pessoas dos 556 503 casos de infeção confirmados, de acordo com o boletim mais recente da Direção-Geral da Saúde.

LEIA AQUI TUDO SOBRE A PANDEMIA DE COVID-19

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG

Patrocinado

Apoio de