Madeira já vacinou mais de dois mil jovens entre os 12 e os 17 anos

Herberto Jesus assinala a "grande alegria" com que os jovens surgem para ser vacinados.

Depois das filas no primeiro dia, a Madeira já vacinou contra a Covid-19 mais de dois mil jovens entre os 12 e os 17 anos. Esta quarta-feira é o segundo dia de inoculações desta faixa etária e, em declarações à TSF, o Diretor Regional da Saúde da região autónoma, Herberto Jesus, fez um balanço positivo do exercício.

"Estamos à volta dos 2100" vacinados, assinalava o responsável num momento em que ainda não tinha dados finais sobre o número de vacinas administradas. Num dia que é de semana e "como é necessária a presença de um tutor legal", os números não são tão elevados como os do último fim de semana, mas Herberto Jesus garante que "estão sempre a aparecer jovens, com grande alegria, para tentarem ser vacinados".

Para já, as autoridades de Saúde da Madeira querem vacinar "o mais rápido possível, com critério, qualidade e segurança" e com recurso a mais open days.

"Também já estamos a pensar e a articular que, em todos os concelhos da Região Autónoma da Madeira, quem lá chegue - desde que haja vacinas - é vacinado independentemente do grupo etário", num esforço para acelerar o processo.

Sobre este segundo dia da vacinação, Herberto Jesus assinala a "grande satisfação de todos os intervenientes", entre jovens, profissionais de saúde e pais, "que têm agradecido de viva voz este primeiro passo para proteger todos os mais jovens, independentemente do que isso signifique no futuro".

Isto porque, assinala o responsável, "se fossemos só científicos, nunca veríamos vacinas em nenhum de nós porque ainda não existem estudos suficientes para a aprovação em todos os grupos etários", o que significa que "estamos a utilizar uma vacina que tem uma autorização especial, de emergência, dada pela EMA", que tem sido aplicada nos vários países e grupos etários.

LEIA AQUI TUDO SOBRE A COVID-19

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG

Patrocinado

Apoio de