Madeira passa a exigir dois testes à Covid-19 para quem chega ao arquipélago

Arquipélago aperta medidas para controlo da pandemia.

A Madeira vai passar a exigir não um mas dois testes à Covid-19 para quem chegar ao arquipélago neste período festivo. Miguel Albuquerque, presidente do governo regional, afirma que é uma forma de garantir que não escapam ao controlo das autoridades de saúde eventuais falsos resultados negativos.

"Para evitar o contágio por aqueles que estão em período de incubação, em que os sintomas não são imediatamente detetáveis no primeiro teste, decidiu-se a realização de um segundo teste, entre o quinto e o sétimo dia após a realização do primeiro, seja na região ou no continente", explicou Miguel Albuquerque.

A Madeira registou 16 novos casos nas últimas 24 horas. Desde março, esta região autónoma contabiliza 1255 infeções e nove mortes.

Os casos confirmados distribuem-se por todas as faixas etárias, situando-se entre os 20 e os 59 anos o registo de maior número de infeções.

O coronavírus já infetou em Portugal pelo menos 168 949 homens e 207 134 mulheres, referem os dados da DGS, segundo os quais há 137 casos de sexo desconhecido, que se encontram sob investigação, uma vez que estes dados não são fornecidos de forma automática.

LEIA AQUI TUDO SOBRE A PANDEMIA DE COVID-19

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG

Patrocinado

Apoio de