Mais de 5 mil ninhos de vespa asiática destruídos em Portugal

Dados avançados à TSF pelo ministro da Agricultura.

Nos últimos seis meses foram destruídos mais de cinco mil ninhos de vespa asiática em Portugal, avança à TSF o ministro da Agricultura. Capoulas Santos admite que é muito difícil conter a expansão desta espécie invasora, mas está confiante no reforço do programa lançado de combate à vespa asiática, acionado no início do ano e que permitiu destruir milhares de ninhos.

"Nos primeiros seis meses deste ano foram já destruídos tantos ninhos como em todo o ano de 2018 e 2017, cerca de 5.645 ninhos. Quer isto dizer que nos últimos três anos já foram destruídos 14 mil ninhos", explicou à TSF Capoulas Santos.

Capoulas Santos afirma que nesta altura a vespa asiática está ativa na região do Tejo e explica que é mais difícil expandir-se para sul.

"Não está em todo o país. Está sensivelmente na linha do Tejo, até porque a zona sul é onde há menos condições para que o animal se adapte, uma vez que elas morrem com temperaturas acima dos 40 graus", sublinhou o ministro da Agricultura.

O ministro da Agricultura assume que a extinção da vespa asiática nos próximos anos, em Portugal e no resto da Europa, é uma tarefa difícil. As autoridades tentam agora impedir que chegue às regiões autónomas, nomeadamente com controlos nos portos e aeroportos.

Câmara Municipal do Cartaxo dá conselhos à população

A Câmara Municipal do Cartaxo está a dar orientações à população devido a dois ninhos de vespa asiática, localizados pelos serviços da autarquia e já destruídos. Pedro Magalhães Ribeiro, presidente da autarquia, contou à TSF o que está a ser dito à população.

"O que dizemos às pessoas é que não devem, em circunstância nenhuma, procurar destruir o ninho porque existe o risco de disseminar as vespas que irão construir novos ninhos. Naturalmente dizemos às pessoas que devem alertar as autoridades", acrescentou Pedro Magalhães Ribeiro.

Em Sintra, o Parque da Pena foi parcialmente encerrado na segunda-feira devido a um ninho de vespa asiática. A retirada do ninho está marcada para as 19h30 desta terça-feira e implica a utilização de uma grua.

Patrocinado

Apoio de

Patrocinado

Apoio de