Marcelo fala em situação estabilizada em Lisboa

De visita a Ovar, o Presidente da República adianta no entanto que s+o mais adiante se vai poder ter uma noção mais clara sobre as 19 freguesias de Lisboa que estão em estado de calamidade.

Marcelo Rebelo de Sousa fala de estabilização no que diz respeito à pandemia na região de Lisboa e Vale do Tejo. Na próxima segunda-feira, o Governo reúne-se com os presidentes das Câmaras dos cinco concelhos mais atingidos, para fazer um ponto da situação e perceber que passos se vão dar nas 19 freguesias onde ainda se mantém o estado de calamidade.

De visita a Ovar, o Presidente da República foi questionado sobre a situação de Lisboa e Vale do Tejo. O Chefe de Estado fala de uma situação estabilizada mas sublinha que só mais adiante vai ser possível ter uma noção mais clara da situação.

Sexta-feira, o presidente da Câmara de Lisboa, Fernando Medina, defendeu que a situação está significativamente melhor do que há algumas semanas. Por isso, o mais provável é que o estado de calamidade seja levantado.

O Presidente da República foi também questionado sobre a decisão do Reino Unido de manter Portugal como país de risco. Marcelo Rebelo de Sousa faz questão de acentuar que outros países agiram da mesma forma que Portugal, no combate à pandemia. E, por isso, o turismo está a regressar.

O Presidente da República está este sábado em Ovar, que esteve em cerca sanitária durante um mês, por causa do novo coronavírus. Às 19h00 estará presente numa missa de homenagem às vítimas da pandemia, numa cerimónia presidida pelo bispo do Porto.

Outras Notícias

Outros Conteúdos GMG

Patrocinado

Apoio de