Ministério revela que hospitais vão ter mais 300 ventiladores até dia 19

Equipamentos vão ser distribuídos segundo "critérios técnicos definidos pela Comissão de Acompanhamento da Resposta Nacional em Medicina Intensiva".

Os hospitais do Serviço Nacional de Saúde vão receber, até ao dia 19, mais 300 ventiladores para "fazer frente ao novo coronavírus", revelou esta sexta-feira o Ministério da Saúde.

Num comunicado em que elenca "aquisições e investimentos" para os hospitais públicos, em tempo de pandemia da doença Covid-19, o Ministério da Saúde indica está prevista a distribuição de mais 300 ventiladores pelos hospitais públicos, "tendo por base os mesmos critérios técnicos definidos pela Comissão de Acompanhamento da Resposta Nacional em Medicina Intensiva".

Aquele ministério prevê ainda distribuir 20 milhões de equipamentos de proteção individual - que incluem máscaras cirúrgias e máscaras de proteção FFP2 -, alocando outros cinco milhões para às áreas governativas da Segurança Social, Defesa e Justiça.

Os 25 milhões de equipamentos de proteção individual resultam de "diversos movimentos de compra".

O Ministério da Saúde especifica que cinco milhões de máscaras cirúrgicas serão distribuídas para a região Norte, 1,6 milhões para a região Centro, 3,2 milhões para a região de Lisboa e Vale do Tejo, 130 mil para a região do Alentejo e 100 mil para a região do Algarve.

No que respeita às 1,8 milhões de máscaras FFP2 - que conferem maior proteção -, serão entregues um milhão para o Norte, 450 mil para o Centro, 350 mil para Lisboa e Vale do Tejo, 41 mil para o Alentejo e 44 mil para o Algarve.

Em Portugal, segundo o balanço feito hoje pela DGS, registaram-se 435 mortos, mais 29 do que na véspera, e 15.472 casos de infeção confirmados, o que representa um aumento de 1.516 em relação a quinta-feira.

O país, com os primeiros casos confirmados foram registados no dia 02 de março, encontra-se em estado de emergência desde de 19 de março e até ao final do dia 17 de abril.

Outras Notícias

Outros Conteúdos GMG

Patrocinado

Apoio de