Miranda do Douro na mesma fase de desconfinamento. Autarca diz que "não faz muito sentido"

Presidente da Câmara de Miranda do Douro garante ter informações das autoridades de saúde do distrito que garantem que Miranda do Douro já está livre de Covid, com todos os infetados recuperados.

O presidente da Câmara de Miranda do Douro, Artur Nunes, diz não fazer qualquer sentido a decisão anunciada na quinta-feira pelo primeiro-ministro de travar a quarta fase de desconfinamento no concelho, assinalado como sendo um dos oito que ultrapassaram, em duas avaliações consecutivas, uma incidência correspondente a 120 casos por mil habitantes.

"Apraz-nos muito esta abertura de fronteiras. Fazendo o concelho de Miranda do Douro fronteira com Espanha, acho que é uma incongruência total estarmos a ficar confinados. Esta avaliação conjunta deveria ser tomada em consideração, mas espero o Governo possa fazer aqui alguma reflexão relativamente ao concelho porque não faz muito sentido esta decisão de manter este estado", explicou à TSF Artur Nunes.

Artur Nunes garante ter informações das autoridades de saúde do distrito que garantem que, esta sexta-feira, Miranda do Douro está livre de Covid, com todos os infetados recuperados.

"Hoje provavelmente teremos zero casos e aparecemos numa situação de manutenção deste estado de confinamento, o que não é muito válido nem justo. Estamos a falar de pequenos municípios, com casos circunscritos a determinada área. Não é justo estarmos a fechar todo um concelho simplesmente porque foi feita uma avaliação em que tínhamos, há uns dias, seis casos e agora temos zero casos no dia em que é anunciada esta decisão de manutenção", acrescentou o presidente da Câmara de Miranda do Douro.

LEIA AQUI TUDO SOBRE A PANDEMIA DE COVID-19

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG

Patrocinado

Apoio de