Municípios do Algarve querem fundos europeus para combater seca

Presidente da Associação de Municípios do Algarve pede que se equipem os atores do processo.

O turismo no Algarve quer ser sustentável em matéria de consumo de água e da forma como a mesma é consumida e, para isso, a Associação de Municípios do Algarve (AMAL) pretende contar com fundos europeus.

Esta quarta-feira, o ministro do Ambiente, João Pedro Matos Fernandes referiu que é preciso "mudar o perfil do consumo em Portugal, em diálogo com todos", porque está a chover menos e já não se pode contar com anos melhores para compensar os piores, porque a escassez mantém-se.

O ministro indicou que já estão suspensas novas licenças para captação de água no sul do país e que se expandirá a utilização e águas residuais tratadas em rega e lavagem urbana. Para isso, lembra o presidente da AMAL, António Miguel Pina, é precisa uma nova rede.

"Se o Governo entende, e bem, que a questão da seca do Algarve começa a sair do conjuntural para o estrutural, então é preciso fazer um investimento e equipar os atores em cada uma das suas dimensões - sejam as Águas do Algarve, sejam os municípios - com instrumentos financeiros como os fundos comunitários", explica o presidente da AMAL. António Pina destaca que estes são investimentos "altamente avultados".

Além da dimensão financeira, o presidente da associação de municípios lembra um "outro lado: procurar outras fontes de abastecimento de água".

Em conferência de imprensa após uma reunião da Comissão Interministerial da Seca, o ministro do Ambiente e Ação Climática, João Pedro Matos Fernandes, afirmou que a situação é "hoje melhor do que no período homólogo de 2017, mas é um problema estrutural" que se faz sentir mais claramente a sul do rio Tejo.

Por isso, as duas tutelas vão começar a partir de 30 de novembro a reunir-se com representantes dos setores que representam a maior parte do consumo de água: autarquias, agricultura e setor turístico do Algarve, em foco por causa do consumo de água para manter os campos de golfe.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG

Patrocinado

Apoio de