Ninguém se entende no judo português, a Entrevista TSF ao ex-autor de discursos de Putin e outros destaques TSF

Telma Monteiro foi ao Instagram denunciar um despedimento por e-mail. O presidente da federação negou que tal tenha acontecido e acabou por deixar críticas à judoca, desafiando-a a fazer melhor.

Continuam as pegas no judo nacional. Telma Monteiro foi ao Instagram revelar que a selecionadora Ana Hormigo foi despedida do cargo através de um e-mail e, na mesma publicação, revelou que o presidente da federação terá adiantado, numa reunião, que os judocas que, no verão, assinaram uma carta aberta com críticas ao funcionamento da modalidade em Portugal, têm uma semana para se retratar. Caso contrário, o episódio segue para tribunal.

Em declarações à TSF, o líder da federação, Jorge Fernandes, nega ter despedido Ana Hormigo. O que se passa, explica, é que a selecionadora já "não tem condições para continuar". Mas Telma Monteiro também não foi esquecida: desafia-a a mostrar que sabe fazer melhor e a candidatar-se às eleições para a federação, em 2024.

De olhos postos no episódio, a Comissão de Atletas Olímpicos não esconde a preocupação, mas pede aos atletas que confiem na tutela, uma vez que já está a averiguar a situação.

O homem que, durante três anos, escreveu os discursos de Vladimir Putin acredita que o Presidente russo subestimou o homólogo ucraniano, Volodymyr Zelensky. "Ele é um ator. O que Putin fez foi dar um palco a este ator. Transformou-o numa superestrela e deu-lhe o mundo como audiência. Um bom ator nunca recusaria este papel. É o melhor papel da vida dele." Pode ler a entrevista completa aqui:

A queda de um avião militar numa cidade russa junto ao Mar de Azov matou pelo menos duas pessoas e feriu outras 15 ao provocar um incêndio num prédio habitacional.

O ministro dos Negócios Estrangeiros do Irão negou "terminantemente" ao homólogo português, João Gomes Cravinho, que os iranianos tenham vendido drones à Rússia. Esta segunda-feira, explosões provocadas por drones kamikaze mataram e feriram várias pessoas em Kiev.

A Adidas vai despedir cerca de 300 trabalhadores na Maia e justifica a decisão com "mudanças na estrutura organizacional" da empresa, por estar prestes a deslocar serviços para fora de Portugal. O PCP já perguntou ao Governo se e como vai apoiar estes trabalhadores.

Em dia de atribuição da Bola de Ouro, um português que superou Cristiano Ronaldo na classificação. Rafael Leão foi eleito o 14.º melhor jogador do mundo, mas há mais lusos na lista dos 25 melhores.

No topo dessa mesma lista ficou o francês Karim Benzema que, aos 34 anos e pela primeira vez, é distinguido como melhor do mundo. Sadio Mané, em segundo lugar, e Kevin de Bruyne fecham o pódio.

Já o Troféu Kepa, que distingue o melhor jogador sub-21, ficou de novo nas mãos de um jogador do Barcelona: depois de Pedri, o médio Gavi. Nuno Mendes foi distinguido como quinto melhor.

O PAN quer que o Governo "revogue imediatamente" uma portaria que permite mais voos noturnos - entre as 00h00 e as 6h00 - em Lisboa a partir desta terça-feira e até 28 de novembro. Perante uma decisão que diz ser "incompreensível", Inês Sousa Real quer mesmo impedir voos noturnos em todos os aeroportos nacionais.

Ainda com as incompatibilidades no Governo na ordem do dia, o Chega propõe alterar a lei de forma a que os titulares de cargos políticos deixem de "poder deter sociedades que façam negócios com o Estado, nas áreas que eles tutelam, e independentemente da percentagem".

Já o PSD, que está em Jornadas Parlamentares, mostrou-se muito crítico do novo modelo proposto pelo PS para os debates com o primeiro-ministro e acusa os socialistas de quererem transformar as discussões num "comício do primeiro-ministro, em que este fala sozinho, não é interpelado, e no fim volta a fazer outro comício ao país".

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG

Patrocinado

Apoio de