Número de casos de Covid-19 a aumentar. Braga pode recuar no desconfinamento

À TSF, o presidente da Câmara Municipal de Braga apela a "um reforço dos cuidados" sobretudo "nas estruturas académicas e no contexto empresarial", admitindo que as forças policiais tenham de ser mais interventivas.

No concelho de Braga, o número de casos de Covid-19 está a aumentar, com quase 20 novas infeções por dia, o que pode levar a um passo atrás no desconfinamento. O presidente da Câmara de Braga, Ricardo Rio, não esconde a preocupação.

Em declarações à TSF, o autarca refere que já fez um apelo para que se evitem comportamentos de risco, sobretudo por parte da população mais jovem. Ricardo Rio admite que a polícia tenha de ser mais interventiva.

"Temos relatos que, muitas vezes, imediatamente após a passagem da polícia, as pessoas voltam a adotar comportamentos menos adequados. Naturalmente que teremos que ter uma presença mais reforçada", explica, acrescentando que há que "apelar a um reforço dos cuidados", sobretudo "nas estruturas académicas e no contexto empresarial".

Ricardo Rio pede responsabilidade e adianta que depois da conquista da Taça de Portugal, pelo Sporting de Braga, os festejos de domingo à noite na cidade foram bem moderados.

"A adesão popular acabou por ser bastante responsável, houve algum ajuntamento de algumas centenas de pessoas, mas nada que se compare com aquilo que são os festejos tradicionais que estariam associados a uma conquista desta natureza", afirma.

O autarca classifica como "muito positiva a articulação que houve entre a Câmara Municipal, o Sporting de Braga e as forças de segurança no sentido de tentar limitar toda e qualquer iniciativa que pudesse potenciar o risco de ajuntamento".

O Governo já mandou reforçar a testagem na região de Lisboa, onde há cada vez mais casos de Covid-19, mas em Braga, Ricardo Rio considera que a medida não será necessária.

O presidente do município diz que "estão a ser rapidamente acionados os processos de testagem para poder destrinçar aqueles os casos já infetados de outros que pudessem ser focos de contágio. Essa não é uma medida que eu sinta uma necessidade premente na cidade de Braga".

Já o concelho de Lisboa passou a estar muito próximo da linha vermelha de 120 casos por 100 mil habitantes definido pelo Governo em articulação com as autoridades de saúde.

Os números disparam a seguir a 12 de maio, coincidindo com a festa do título da I Liga de futebol, havendo já 20 casos positivos relacionados com estes festejos. Por isso, o secretário de Estado Adjunto e da Saúde anunciou este domingo, em entrevista ao Diário de Notícias que a testagem será reforçada em Lisboa e Vale do Tejo.

LEIA AQUI TUDO SOBRE A COVID-19.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG

Patrocinado

Apoio de