Número de mortes em Reguengos de Monsaraz sobe para 15

Os casos ativos de covid-19 no concelho são agora 133.

A morte de um idoso de 73 anos, utente do lar de Reguengos de Monsaraz (Évora), elevou para 15 o número de óbitos relacionados com o surto de covid-19 existente neste concelho, revelou hoje a câmara.

Segundo o município, no comunicado divulgado esta terça-feira com os dados mais recentes da situação epidemiológica local, o homem infetado com covid-19 morreu na terça-feira à tarde, no Hospital do Espírito Santo, onde estava internado.



Os casos ativos de covid-19 no concelho são agora 133 (na terça-feira eram 136), dos quais 86 no Lar da Fundação Maria Inácia Vogado Perdigão Silva (FMIVPS), onde começou o surto, em 18 de junho, e 47 na comunidade, pode ler-se no comunicado do município e Autoridade de Proteção Civil de Reguengos de Monsaraz.

No edifício do lar não está já nenhum idoso, depois de os infetados terem sido transferidos para o pavilhão multiúsos do parque de feiras e exposições, enquanto os que não estão infetados se encontram-se em casa de familiares ou noutras instalações de apoio.

O lar vai ser esta terça-feira alvo de uma descontaminação geral.

"Será hoje concretizada uma operação de grande envergadura de descontaminação geral do edifício, devidamente articulada com as Forças Armadas Portuguesas e com o Ministério da Defesa, na qual é prevista a participação de 33 militares, com todos os meios adequados à execução desta operação", revelou o município.

LEIA AQUI TUDO SOBRE A COVID-19


Outras Notícias

Outros Conteúdos GMG

Patrocinado

Apoio de