Nunca houve tantos imigrantes a viver em Portugal como em 2018

São já quase meio milhão os cidadãos estrangeiros residentes no país, mas, ainda assim, Portugal é dos países da Europa com menos imigrantes.

No relatório do Observatório das Migrações, Portugal ocupa a vigésima primeira posição, entre os 28 estados membros, no que respeita ao número de estrangeiros residentes no país. A lista é encabeçada pelo Luxemburgo onde quase 48% da população é estrangeira.

Em 2018, 4,7 % da população residente em Portugal tinha nacionalidade estrangeira, mas ainda assim nunca houve tantos imigrantes a viver em Portugal como no ano passado com um valor inédito de quase meio milhão de cidadãos estrangeiros residentes.

O relatório anual do Observatório das Migrações mostra que a imigração abrandou durante os anos da crise, mas a partir de 2015 começam a crescer o número de vistos de residência, com 2018 a registar um aumento de mais de 30% de vistos atribuídos, ultrapassando os 20 mil.

Além da população imigrante mais tradicional este crescimento está também associado à entrada de reformados estrangeiros que duplicaram de 2016 para 2017 e que registaram um reforço em 2018 subindo para mais de três mil e 600 vistos quando no início da década nem chegavam aos 350.

Também os Vistos Gold também tiveram um aumento significativo. No início desta década correspondiam a apenas 140 vistos, mais que duplicando entre 2016 e 2017 e assumindo um crescimento de quase 60% de 2017 para 2018.

Também, se regista um aumento de trabalhadores altamente qualificados e de estudantes.

Recomendadas

Outros Conteúdos GMG

Patrocinado

Apoio de