O capuchinho português que faz correr leite e mel em S. Tomé e Príncipe

Fernando Ventura fundou, há 11 anos, um banco de leite para as crianças e idosos de S. Tomé e Príncipe. Tem ligadas a esta iniciativa diversas personalidades da sociedade civil.

Fernando Ventura nasceu em Matosinhos em 1959. Renunciou a uma carreira médica, para se entregar à causa do franciscanismo. É licenciado em Teologia, pela Universidade Católica Portuguesa, e em Ciência Bíblicas, pelo Pontifício Instituto Bíblico de Roma. Como franciscano capuchinho têm-se dedicado à animação bíblica pelo país e no estrangeiro. Atualmente é o diretor da revista Bíblica, edição dos capuchinhos portugueses.

Frei Fernando Ventura domina cinco línguas vernáculas, além das bíblicas, como o hebraico, é há 18 anos tradutor-intérprete, no Vaticano, ao serviço de vários organismos internacionais de caráter religioso e humanitário. Polémico, de palavra fácil, é autor de diversos livros e intervém com assiduidade nos média portugueses, da televisão à rádio, jornais e redes sociais.

Entregue também à intervenção em causas sociais, fundou há 11 anos, um banco de leite para as crianças e idosos de S. Tomé e Príncipe. Tem ligadas a esta iniciativa diversas personalidades da sociedade civil. Foi esta atividade que motivou a entrevista concedida à TSF.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG

Patrocinado

Apoio de