O que fazer quando as moratórias terminam, Medina à frente nas sondagens e outros destaques TSF

Rúben Semedo foi detido na Grécia, por suspeita de violação de uma rapariga de 17 anos.

Fernando Medina conquista metade das intenções de voto em Lisboa. O candidato do Partido Socialista, Fernando Medina, conquista 51% das intenções de voto, quase o dobro de Carlos Moedas. O candidato da coligação Novos Tempos, que reúne PSD, CDS, PPM, MPT e Aliança, recebe 27%. Estes valores já têm em conta a distribuição proporcional de eleitores indecisos (que representam 28% do total).

Rúben Semedo foi detido na Grécia, por suspeita de violação de uma rapariga de 17 anos, e vai ser ouvido em tribunal esta segunda-feira. Uma notícia avançada pela imprensa grega, e já confirmada pela TSF, junto de fonte próxima do jogador. A menor acusa o jogador português de a ter violado depois de terem estado num bar. Alguma imprensa grega fala que a jovem em causa era namorada do internacional português.

Várias explosões ocorreram esta segunda-feira perto do aeroporto em Cabul, dois dias após ataques terem causado a morte a pelo menos seis civis na capital afegã. De acordo com várias testemunhas e meios de comunicação locais, as explosões resultaram do lançamento de foguetes a partir de Khair Khana, perto do aeroporto de Cabul. Segundo a CNN, o sistema de defesa antimíssil norte-americano C-RAM instalado no aeroporto intercetou cinco foguetes e evitou um novo atentado.

"É o momento mais perigoso da missão." Os Estados Unidos têm capacidade para tirar os 300 cidadãos norte-americanos que permanecem no Afeganistão e que desejam partir antes do prazo final da saída do país, na terça-feira, disseram responsáveis do Governo norte-americano. O conselheiro de segurança nacional do Presidente Joe Biden prometeu que os Estados Unidos "garantirão que haja uma passagem segura para qualquer cidadão norte-americano" após terça-feira, bem como para os afegãos que ajudaram as forças norte-americanas.

A Rede de Cuidados Continuados permanece na iminência do colapso: um ano após o alerta e pedido de ajuda ao Governo, pouco mudou e persiste o problema de subfinanciamento e falta de enfermeiros. José António Bourdain, presidente da Associação Nacional de Cuidados Continuados, adianta que em 2020 houve um ligeiro aumento do valor pago pelo Estado, mas não foi suficiente e continua a ser muito difícil manter estas unidades abertas.

Tem uma moratória a terminar? Falta um mês para o fim das moratórias aplicável a contratos de crédito à habitação e há famílias que ainda não recuperaram a sua capacidade financeira. Por isso, a DECO, associação de defesa do consumidor, defende, em entrevista à TSF, um regime transitório e deixa conselhos sobre o que fazer.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG

Patrocinado

Apoio de