"Operários, vanguarda do povo." Há 50 anos nascia a Intersindical

A CGTP celebra esta quinta-feira os 50 anos de existência. Uma organização intersindical que nasceu por convocatória.

Foi a 1 de outubro de 1970 que quatro sindicatos de Lisboa decidiram ignorar as regras e convidar outros dez para uma reunião de trabalho. Esse encontro, ocorrido a 11 de outubro, acabou por ser a primeira reunião intersindical. Em cima da mesa estiveram temas como a contratação coletiva e também outros, mais explosivos aos olhos do regime, como a censura e o direito à livre reunião.

Um encontro entre sindicatos, preparado às claras, que só foi possível porque a lei era omissa. Se por um lado ditava que as organizações de trabalhadores só deveriam manter reuniões de trabalho com outros sindicatos do mesmo setor, também não era absolutamente clara na proibição de encontros intersindicais.

Daniel Cabrita, presidente do Sindicato dos Bancários de Lisboa, foi um dos signatários dessa carta fundacional, mas também o anfitrião do encontro. O antigo sindicalista lembra-se bem dos agentes da PIDE, das cargas policiais sobre os grevistas, dos sindicatos corporativos afetos ao regime, das assembleias-gerais a abarrotar na Voz do Operário e dos dois anos que passou nas prisões de Caxias e Peniche.

Recomendadas

Outros Conteúdos GMG

Patrocinado

Apoio de