Para ler ao meio-dia. Falhas no Santa Maria, educação pós-pandemia e risco de trovoada

Aproveite a pausa da hora de almoço para conhecer os temas que marcaram a manhã informativa da TSF.

É o maior hospital do país e falhou 50 regras da DGS, incluindo risco de contaminação nos cuidados intensivos. Uma fiscalização da Entidade Reguladora da Saúde (ERS) ao Hospital de Santa Maria, em Lisboa, feita em agosto de 2020, encontrou mais de meia centena incumprimentos de normas e orientações da Direção-Geral da Saúde (DGS) para prevenção da Covid-19. A deliberação com 134 páginas, consultada pela TSF, conclui que "o Hospital de Santa Maria padece de constrangimentos suscetíveis de afetarem os direitos e interesses legítimos dos utentes sob sua responsabilidade.

A batalha contra a Covid-19 não está ganha e é preciso combater essa ideia de forma veemente. Esta é uma mensagem deixada pelo secretário de Estado da Saúde, Diogo Serras Lopes, na conferência TSF/DN sobre sustentabilidade em saúde. "Esta batalha obviamente ainda não está ganha, eu vou ouvindo por aí muitas ideias de que parece que já passou e eu acho que essa ideia tem, muito sinceramente, que ser combatida de forma veemente", defende.

Como deve ser a educação no pós-pandemia? Por causa dos efeitos da pandemia e dos confinamentos, o Conselho Nacional de Educação (CNE) pede às escolas "especial atenção" com os alunos que irão chegar ao 3.º ano de escolaridade e defende a reorganização do ensino secundário, reduzindo o peso dos exames nacionais no acesso ao superior, evitando aprendizagens baseadas quase exclusivamente "no treino e na memorização".

"Quem nomeia o primeiro-ministro é o Presidente, não é o primeiro-ministro que nomeia o Presidente." O Presidente da República disse na segunda-feira, na Hungria, que "por definição, o Presidente nunca é desautorizado pelo primeiro-ministro", depois de António Costa ter dito que ninguém pode garantir que não se volta atrás no processo de desconfinamento. O comentário de Marcelo Rebelo de Sousa foi feito no mesmo dia em que o primeiro-ministro, António Costa, disse que ninguém pode garantir que não se volta atrás no confinamento e que o Governo adotará "em cada momento as medidas que se justifiquem perante o estado da pandemia".

Portugal tem de ter cuidado com as "transições rápidas ofensivas" da Hungria. O alerta é deixado por João Nunes, futebolista que joga na Hungria, na Puskás Akadémia, em entrevista à TSF, garantindo que a equipa magiar tem jogadores de muita qualidade, por isso, Portugal não terá tarefa fácil na estreia no Europeu.

Terça-feira de raios e coriscos. Doze distritos do continente vão estar a partir das 12h00 desta terça-feira sob aviso laranja devido à previsão de trovoadas e possibilidade de rajadas de vento, segundo o Instituto Português do Mar e da Atmosfera (IPMA). Os distritos de Viana do Castelo, Porto, Braga, Vila Real, Bragança, Viseu, Aveiro, Guarda, Coimbra, Castelo Branco, Leiria e Santarém vão estar sob aviso laranja entre as 12h00 e as 21h00 desta terça-feira.