Para ler ao meio-dia. Menos fogos, mais calor e chuva de meteoros das Perseidas

Aproveite a pausa da hora de almoço para conhecer os temas que marcaram a manhã informativa da TSF.

Menos fogos nos últimos três anos. António Costa revela que Portugal reduziu 64% a área ardida, depois dos incêndios de Pedrógão Grande, relativamente à década anterior. Num vídeo enviado às redações, o primeiro-ministro destaca o trabalho da Proteção Civil, mas também a limpeza dos terrenos, que se tornou obrigatória por lei.

O Ministério do Ambiente e da Ação Climática vai destinar 45 milhões de euros à renovação e valorização dos ecossistemas. Esta quarta-feira, o Governo apresenta o programa Resiliência dos Territórios Face ao Risco, no âmbito do REACT-EU - um programa de assistência financeira da União Europeia. As verbas têm de ser gastas até ao final de 2023 e destinam-se a entidades públicas e privadas.

"Tão preocupante como os incêndios." O presidente da Associação Nacional de Bombeiros Profissionais pede atenção redobrada aos idosos em relação ao calor. Com a previsão de altas temperaturas para os próximos dias, Fernando Curto garante que as equipas estão em alerta e, se for necessário, há um reforço de meios.

Os orçamentos entregues pelos partidos à Entidade das Contas e Financiamentos Políticos (ECFP) para as próximas eleições autárquicas de 26 de setembro revelam que a coligação entre PSD, CDS, PPM, MPT e Aliança para Lisboa é a que prevê despesas e receitas mais elevadas. No Porto, a ECFP ainda não tem disponível o orçamento da campanha do independente Rui Moreira - nem de qualquer outro grupo de cidadãos do país -, mas entre as candidaturas partidárias a que prevê mais gastos é a do PSD, encabeçada por Vladimiro Feliz: 200 mil euros.

O internacional argentino revela que pretende concretizar no Paris Saint-Germain o "sonho" de vencer novamente a Liga dos Campeões. Durante a apresentação como futebolista do clube francês, após 21 anos ao serviço do FC Barcelona, Messi garantiu estar "muito feliz" por ingressar no PSG.

A chuva de meteoros das Perseidas, uma das mais populares do ano, terá o seu pico esta quinta-feira, entre as 20h00 e as 23h00, com uma previsão de 110 meteoros por hora. Segundo o Observatório Astronómico de Lisboa (OAL), este fenómeno, que ocorre entre 17 de julho e 24 de agosto de 2021, poderá ser observado também Portugal.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG

Patrocinado

Apoio de