Passes para Lisboa baixam para 70 e 80 euros para utentes da região Oeste

A Comunidade Intermunicipal do Oeste está a trabalhar com as empresas de transportes, no sentido de os novos valores entrarem em vigor a partir de 01 de janeiro de 2020.

Os passes nos transportes públicos para Lisboa vão baixar para 70 euros para utentes de Alenquer, Arruda dos Vinhos, Sobral de Monte Agraço e Torres Vedras, e para 80 euros dos restantes concelhos da região, foi anunciado esta sexta-feira.

A Comunidade Intermunicipal do Oeste está a trabalhar com as empresas de transportes, no sentido de os novos valores entrarem em vigor a partir de 01 de janeiro de 2020, afirmou à agência Lusa Pedro Folgado, presidente da Comunidade Intermunicipal do Oeste.

"É um dia histórico para o Oeste, porque as câmaras assumiram o reforço do investimento necessário para reduzir o valor dos passes inter-regionais", sublinhou o autarca. "Achamos que é injusto para as pessoas que estão na fronteira com a Área Metropolitana de Lisboa não terem um passe a 40 euros e queremos minimizar essa diferença. Por outro lado, queremos dar maior comodidade às pessoas", acrescentou.

A OesteCim e os municípios da região decidiram investir 1,6 milhões de euros para reforçar a verba do Plano de Apoio à Redução Tarifária nos Transportes (PARTT), com o objetivo de reduzir o valor dos passes inter-regionais para Lisboa pela segunda vez, depois das alterações implementadas desde abril deste ano.

Os passes inter-regionais passam a ter um custo de 70 euros para utentes dos transportes públicos dos concelhos de Alenquer, Arruda dos Vinhos, Sobral de Monte Agraço e Torres Vedras. Desde abril que o mesmo título custa 97 euros em Arruda dos Vinhos, 112 euros em Alenquer e Sobral de Monte Agraço e 116 euros em Torres Vedras.

Já para os concelhos de Alcobaça, Bombarral, Cadaval, Caldas da Rainha, Lourinhã, Nazaré, Óbidos e Peniche, o passe inter-regional é de 80 euros a partir de 2020. Em 2019, o Estado atribuiu à região 1,3 milhões de euros, montante a que a OesteCim somou mais 650 mil euros para implementar um passe municipal (dentro do perímetro de cada concelho) de valor não superior a 30 euros, um passe até 40 euros para as deslocações intermunicipais (dentro do território da OesteCim) e 30% de descontos nos passes para ligações inter-regionais com os concelhos da Área Metropolitana de Lisboa (AML), da Lezíria do Tejo e da Região de Leiria.

Porém, entre as "cerca de 5.000 pessoas que se deslocam diariamente entre o Oeste e a AML", foi patente, no último ano, "o sentimento de falta de equidade" em relação aos "40 euros aplicados aos passes sociais na AML", sublinha a OesteCim num comunicado.

A região Oeste é composta pelos concelhos de Alcobaça, Bombarral, Caldas da Rainha, Nazaré, Óbidos, Peniche, do distrito de Leiria, e por Alenquer, Arruda dos Vinhos, Cadaval, Lourinhã, Sobral de Monte Agraço e Torres Vedras, do distrito de Lisboa.

Outras Notícias

Outros Conteúdos GMG

Patrocinado

Apoio de