PGR vai pedir extradição de jihadista português preso no Iraque

Pedido será feito por via diplomática depois de serem reunidos e traduzidos os documentos necessários.

A Procuradoria-Geral da República (PGR) vai pedir a extradição de Nero Saraiva, avançou a revista Sábado e confirmou a TSF junto da PGR. O jihadista português está preso no Iraque há dois anos e é suspeito de pertencer ao Daesh.

O pedido será feito por via diplomática depois de serem reunidos e traduzidos os documentos necessários.

Nero Saraiva foi preso, em 2019, pelas forças curdas na Síria, tendo sido depois transferido para o Iraque. Em Portugal, o jihadista foi acusado de vários crimes de terrorismo.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG

Patrocinado

Apoio de