PIB cresce, licença para estudar e o primeiro português na NBA. Notícias que marcaram a Manhã TSF

A manhã informativa da TSF ficou ainda marcada pelo apuramento de Patrícia Mamona e Auriol Dongmo para as provas finais, no atletismo, nos Jogos Olímpicos de Tóquio 2020.

O Produto Interno Bruto (PIB) português registou um crescimento de 4,9% no segundo trimestre face ao primeiro, e de 15,5% face ao mesmo período do ano passado, anunciou o Instituto Nacional de Estatística (INE). Segundo o INE, "esta evolução é influenciada por um efeito base, uma vez que as restrições sobre a atividade económica em consequência da pandemia se fizeram sentir de forma mais intensa nos primeiros dois meses do segundo trimestre de 2020, conduzindo então a uma contração sem precedente da atividade económica".

O Estado vai pagar o salário de trabalhadores que queiram estudar. A notícia é avançada, esta sexta-feira, pelo jornal Expresso, que revela que esta licença para trabalhadores interessados em melhorar competências vai ter custo zero para as empresas e será financiada por fundos europeus.

O objetivo do Bloco de Esquerda é "continuar o que já começou" na Câmara de Lisboa e, por isso, pede força para "derrotar a possibilidade de maioria absoluta do PS". Beatriz Gomes Dias gostaria de ficar com pelouros da Educação e Habitação, sendo que neste último é bastante crítica da atuação socialista. Para o futuro? Construir 10 mil habitações acessíveis na cidade. Ouça e leia a entrevista da candidata à TSF.

Neemias Queta é o primeiro português na NBA. O poste, de 22 anos, foi eleito na 39.ª posição do draft da Liga norte-americana de basquetebol (NBA), pelos Sacramento Kings, podendo tornar-se em 2021/22 o primeiro português a jogar na competição.

Patrícia Mamona qualifica-se para a final do triplo salto. A portuguesa Patrícia Mamona avançou, esta sexta-feira, para a final da prova nos Jogos Olímpicos Tóquio2020, ao alcançar a marca de 14,54 metros, que assegura a qualificação direta.

No mesmo plano, a portuguesa Auriol Dongmo qualificou-se, esta sexta-feira, para a final da prova do lançamento do peso dos Jogos Olímpicos Tóquio2020, com a marca de 18,80 metros. A recordista nacional, de 30 anos, igualou os 18,80 metros exigidos para a qualificação direta logo no primeiro lançamento.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG

Patrocinado

Apoio de