PJ detém cidadão procurado pelas autoridades brasileiras por tráfico de droga

As autoridades brasileiras acreditam que o detido pertence ao grupo Comando Vermelho, considerado pela polícia a maior organização criminosa do Rio de Janeiro.

Um cidadão brasileiro que era procurado pelas autoridades judiciárias do Brasil, por associação criminosa e tráfico de droga, foi detido pela Polícia Judiciária, na terça-feira em Loulé.

Em comunicado hoje divulgado, a PJ adianta que o homem, de 32 anos, foi detido em cumprimento de um mandado de detenção internacional (Interpol) e encontra-se em prisão preventiva por determinação do tribunal da Relação de Évora.

Entretanto, fonte ligada ao processo disse à agência Lusa que as autoridades brasileiras acreditam que o detido, da cidade de Fortaleza, no estado brasileiro do Ceará, pertence ao grupo Comando Vermelho, considerado pela polícia a maior organização criminosa do Rio de Janeiro.

O Comando Vermelho (CV) é considerada a mais antiga organização de narcotraficantes do Brasil e nasceu da união de presos políticos com reclusos comuns, no tempo da ditadura nos anos 80, controlando hoje várias favelas do Rio de Janeiro.

Este ano, o CV foi alvo de uma ação da Polícia Civil na favela do Jacarezinho, Rio de Janeiro, que provocou a morte a um elemento policial e 14 outras pessoas.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG

Patrocinado

Apoio de