Polémica sobre barragens da EDP, buscas na Madeira e outros destaques TSF

Debate parlamentar desta tarde trouxe novidades para os profissionais da saúde e da cultura.

Esta quarta-feira foi dia de debate com o primeiro-ministro no Parlamento. A discussão com os partidos abriu com o tema da venda das barragens da EDP. António Costa deixou claro que a responsabilidade de avaliar o negócio é da Autoridade Tributária, mas deixou também um aviso aos responsáveis: "Se houve simulação fiscal, isso é inaceitável."

Do debate parlamentar saiu também a notícia de que a ministra da Saúde, Marta Temido, já ordenou o processamento dos pagamentos do subsídio de risco aos profissionais de saúde. O dinheiro começa a ser distribuído ainda em março.

Nas vacinas, e perante o desafio do PCP para diversificar as vacinas contra a Covid-19 administradas em Portugal, o primeiro-ministro lembrou que só as vacinas aprovadas pela autoridade europeia podem ser administradas e que, mesmo que Portugal quisesse produzir esses fármacos, "não há capacidade".

Da boca do primeiro-ministro veio também o anúncio de que o estatuto do trabalhador da cultura vai ser aprovado a 22 de abril.

Ao final da tarde chegou a notícia de que o Governo Regional da Madeira está a ser alvo de buscas pela Polícia Judiciária relacionadas com a adjudicação da concessão de exploração da Zona Franca. O presidente Miguel Albuquerque é o principal arguido.

Nos Estados Unidos da América, há uma batuta que não voltará a reger orquestras. James Levine, um dos maestros mais influentes do mundo e que se viu envolvido num escândalo sexual há três anos, morreu aos 77 anos.

E se, de repente, os cachalotes comunicassem de forma tão complexa que conseguiam evitar ser caçados pelos baleeiros? Aconteceu mesmo, e já foi no século XIX. Está tudo aqui:

Por fim, um pódio em que Portugal quase esteve. O Plátano do Rossio de Portalegre ficou em 4.º lugar no prémio Árvore Europeia do Ano de 2021.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG

Patrocinado

Apoio de