Polícia encontra barco de alta velocidade abandonado à entrada do rio Sado

Embarcação fantasma está a ser investigada. Por perto estavam mais de uma centena de bidões de combustível.

A Polícia Marítima e a Polícia Judiciária estão a investigar uma embarcação de alta velocidade que foi detetada na manhã desta quarta-feira, abandonada numa das pequenas ilhas de areia à entrada do rio Sado, na Península de Tróia, não muito longe de Setúbal.

O barco não tem qualquer registo, português ou estrangeiro, custa dezenas de milhares de euros e nas imediações foram ainda encontrados 130 bidões de combustível, o que leva a suspeitar de uma viagem longa.

A embarcação foi detetada logo ao nascer do sol, pelas 6h30, depois de um alerta de pescadores.

O Comandante da Polícia Marítima de Setúbal, Alcobia Portugal, admite à TSF que o caso levanta várias dúvidas, tendo sido chamada a Polícia Judiciária que também já está a investigar.

O material foi recolhido e o caso está a ser avaliado em conjunto com outras informações. O responsável diz que ainda não têm nenhuma suspeita em concreto. As autoridades estão, por agora, a avaliar o interior da embarcação e aquilo que lá se encontrava.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG

Patrocinado

Apoio de