Portugal acima da média europeia na toma da vacina contra a Covid-19

Portugal administrou uma média de 8,45 doses da vacina por 100 habitantes, enquanto a média da União Europeia é de 7,35 doses.

O secretário de Estado Adjunto e da Saúde, António Lacerda Sales, garante que, dois meses após o início do processo de vacinação contra a Covid-19, Portugal está acima da média europeia.

O governante adiantou, esta segunda-feira, durante a conferência de imprensa sobre o Plano de Vacinação contra a Covid-19, que, em Portugal, foram já administradas 8,45 doses da vacina por 100 habitantes, enquanto a média da União Europeia é de 7,35 doses.

Lacerda Sales indica que, até este domingo, tinham sido administradas 868.951 doses de vacinas (tendo 603.585 recebido a primeira dose e 265.366 recebido já a segunda dose).

De acordo com o secretário de Estado, nesta altura, 9% da população com mais de 80 anos já recebeu mesmo as duas doses da vacina. Quanto aos profissionais de saúde, cerca de 70% já tomaram a primeira dose.

Na mesma conferência de imprensa, Lacerda Sales anunciou também que foi atualizada a norma da Direção-Geral da Saúde (DGS) relativa à vacina da Pfizer, alargando de 21 para 28 dias o intervalo entre a toma da primeira e da segunda doses.

"É uma decisão com alto consenso técnico da DGS e do Infarmed. Vai permitir a vacinação de mais 100 mil pessoas até final de março", adiantou.

A partir de agora, de acordo com a diretora-geral da Saúde, Graça Freitas, as pessoas com trissomia 21 vão passar a ser consideradas prioritárias na vacinação e as autoridades de saúde afirmam ter abertura para analisar a inclusão também de outros grupos que vão sendo propostos.

LEIA TUDO SOBRE A PANDEMIA DE COVID-19

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG

Patrocinado

Apoio de