Portugal é o país da União Europeia com mais casos da variante Delta

No final de agosto, 90% dos casos de Covid-19 na Europa deverão ser da variante originária da Índia.

Portugal é o país da União Europeia com maior proporção de casos de Covid-19 associados à variante Delta.

A conclusão é do Centro Europeu de Controlo de Doenças (ECDC) num documento em que avisa que qualquer relaxamento das medidas de prevenção e controlo da pandemia nos meses de verão, na Europa, pode levar a um aumento rápido dos casos de Covid-19 em todas as faixas etárias.

A previsão está numa avaliação divulgada esta quarta-feira sobre os riscos da variante Delta - com origem na Índia - e que deverá representar 90% dos novos casos, na Europa, no final de agosto.

O ECDC confirma que os estudos feitos até ao momento indicam que esta variante é 40 a 60% mais transmissível e pode estar associada a uma maior risco de hospitalização. Apenas o esquema vacinal completo dá uma proteção quase igual contra a variante Delta.

Se as medidas de prevenção e controlo da pandemia diminuírem para metade até ao início de setembro, a incidência da infeção por Covid-19 deve aumentar em todas as faixas etárias, com maior incidência abaixo dos 50 anos de idade.

As estimativas feitas pelo ECDC indicam que "qualquer relaxamento das medidas em vigor no início de junho durante os meses de verão pode levar a um aumento rápido e significativo dos casos, gerando mais hospitalizações e mortes até um nível semelhante ao registado no outono de 2020".

No mapa divulgado pelo ECDC com a proporção de casos da variante Delta sequenciados em cada país, Portugal é o único onde essa proporção já ultrapassa os 50%.

Para travar a propagação da variante com origem na Índia, o Centro Europeu recomenda aos governos que acelerem a vacinação, mantenham as medidas de prevenção e controlo a um nível "suficiente para conter a transmissão comunitária até que mais pessoas estejam vacinadas" e reforcem a vigilância genética das variantes para que estas sejam detetadas o mais precocemente possível.

LEIA AQUI TUDO SOBRE A COVID-19

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG

Patrocinado

Apoio de