Portugal estreia-se no Mundial, PJ antecipa mais operações de combate ao tráfico humano e outros destaques TSF

A seleção portuguesa estreia-se no Mundial 2022 esta quinta-feira frente ao Gana, às 16h00, e com relato na TSF.

A caminhada de Portugal no Mundial 2022 começa esta quinta-feira, frente ao Gana. A seleção nacional tenta algo que não consegue desde 2006, ou seja alcançar um triunfo na partida de estreia num Mundial. O jogo tem relato em direto na TSF, a partir do Catar, com emissão especial desde as 14h00 e a rádio que mudou a rádio já lançou a banda sonora para a competição, que é da autoria do grupo "Vozes da Rádio", com o tema "Doha a quem doer".

Em Doha, capital catari, além da equipa das quinas, também estão o Daniel, o Francisco, o Duarte e o Bruno. Estes quatro amigos portugueses arriscou pediram uma boleia em Lisboa e só pararam no Catar. Pelo meio, depararam-se com vários episódios, alguns bem tensos, mas acabaram por chegar ao destino quase dois meses após a saída de Portugal.

No Gana, a confiança de uma vitória da seleção local também é enorme, e quem o conta é Hélio Gaspar, que vive no país africano há 10 anos. Os colegas, diz, "gostam da seleção portuguesa", mas estão confiantes que é possível vencê-la.

Quem ficou em Portugal também poderá celebrar durante os jogos da seleção, não só contra o Gana. De Norte a Sul, vários estabelecimentos aproveitam para criar promoções que brindam os clientes por cada golo de Portugal no Mundial do Catar.

A crónica O Meu Mundial desta quinta-feira, da autoria de Tiago Santos, fala do legado que pode ficar do Mundial de 2022, no Catar, comparando-o com as competições que se realizaram na Argentina, em 1978 ou em Itália, em 1934.

Mais tarde, o Brasil também dá o pontapé de saída no Mundial, frente à Sérvia. Contudo, mesmo considerada uma das favoritas à vitória, o clima de euforia está ausente numa sociedade ainda a sarar das feridas eleitorais que dividiram o país.

Na saúde, o Serviço Nacional de Saúde vai disponibilizar, através do seu portal, sobre os centros de saúde com horário alargado ou com atendimentos suplementares. A TSF explica-lhe os passos para ter acesso à informação.

Esta quinta-feira também fica marcada pela notícia da morte de António da Cunha Telles, um dos nomes indissociáveis do Cinema Novo português nos anos de 1960, que morreu esta quarta-feira aos 87 anos.

Sobre a detenção de 35 pessoas por suspeitas de tráfico humano numa rede criminosa internacional, a Associação dos Agricultores do Baixo Alentejo acusou o Estado de estar a falhar no controlo dos migrantes que chegam a Portugal.

No caso da Câmara de Ferreira do Alentejo, Luís Pita Ameixa, criticou a "incapacidade do Estado em acompanhar e gerir a demanda de imigrantes" no território, em que não se anteciparam os efeitos sociais do Alqueva.

Também a Polícia Judiciária garante vai continuar a "combater este flagelo" e antecipa mais operações contra o tráfico de seres humanos.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG

Patrocinado

Apoio de