Portugal regista 8937 novos casos de Covid e 11 mortes. Incidência aumenta

Das últimas 24 horas, há um registo de mais cinco pessoas internadas em enfermarias e mais duas em cuidados intensivos.

Estão confirmadas 18 823 mortes devido à Covid-19 em Portugal, mais 11 do que no último boletim epidemiológico emitido pela Direção-Geral da Saúde (DGS). O número de pessoas infetadas pela doença até agora é de 1 242 545, mais 8937 nas últimas 24 horas e é o maior número de novos casos desde 4 de fevereiro.

CONSULTE AQUI O ÚLTIMO BOLETIM EPIDEMIOLÓGICO

Já esta manhã, a ministra da Saúde, Marta Temido, tinha adiantado que Portugal iria registar perto de nove mil novos casos esta quarta-feira. "Nós vamos atingir hoje perto de nove mil novos casos registados nas últimas 24 horas. É um facto que o número de óbitos continua relativamente controlado, estando embora o país já com excesso de mortalidade face ao valor de referência", disse a ministra em entrevista à TVI.

A incidência de infeções com o vírus SARS-CoV-2 voltou a aumentar a nível nacional, passando para os 579,3 casos por 100 mil habitantes, enquanto o índice de transmissibilidade (Rt) estabilizou nos 1,07, segundo os dados oficiais desta quarta-feira.

O boletim epidemiológico diário da DGS contabiliza esta quarta-feira 909 pessoas internadas, mais cinco do que na terça-feira, das quais 155 estão em unidades de cuidados intensivos, mais duas nas últimas 24 horas.

Das 11 mortes, três ocorreram em Lisboa e Vale do Tejo, três no Centro, duas no Norte, duas no Algarve e uma na Madeira.

Lisboa e Vale do Tejo é a região com mais novos casos diagnosticados nas últimas 24 horas (4221), seguindo-se o Norte (2541), o Centro (1272), o Algarve (353), a Madeira (282), o Alentejo (183) e os Açores (85).

Os casos ativos de Covid-19 baixaram nas últimas 24 horas, totalizando 78 059, mais 5172 do que na terça-feira, e recuperaram da doença 3754 pessoas, o que aumenta o total nacional de recuperados para 1 145 663.

Em relação ao dia anterior, as autoridades de saúde têm mais 3687 contactos em vigilância, totalizando 107 232 pessoas.

LEIA AQUI TUDO SOBRE A PANDEMIA DE COVID-19

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG

Patrocinado

Apoio de