Portugal regista mais dez mortes e 1223 casos de Covid-19

Nas últimas 24 horas, há registo de menos 17 pessoas internadas e mais três em cuidados intensivos.

Portugal regista este sábado mais dez mortes e 1223 novos casos de infeção por Covid-19 do que os registados no último boletim epidemiológico. Desde o início da pandemia em Portugal, em março de 2020, estão confirmadas 17.853 mortes. O número de pessoas infetadas pela doença até agora é de 1.054.673.

CONSULTE AQUI O BOLETIM EPIDEMIOLÓGICO

Nas últimas 24 horas, 2096 pessoas foram dadas como recuperadas. Há a registar menos 883 casos ativos da doença.

Estão neste sábado internadas 552 pessoas com Covid-19, menos 17 do que na sexta-feira. Em unidades de cuidados intensivos, estão 121 pessoas, mais três do que na sexta-feira.

A maior parte dos novos casos registou-se na região de Lisboa e Vale do Tejo (476), seguindo-se o Norte, com 397 novas infeções.

As mortes ocorreram na região de Lisboa e Vale do Tejo (seis), na região Norte (duas) e na região Centro (duas).

A região de Lisboa e Vale do Tejo contabiliza, até agora, 408.420 casos e 7633 mortos.

Na região Norte, foram registados 405.419 casos de infeção e 5529 mortes desde o início da pandemia.

Na região Centro, registaram-se nas últimas 24 horas mais 162 casos, acumulando-se 140.836 infeções e 3117 mortos.

No Alentejo, foram assinalados mais 28 casos, totalizando 38.047 infeções e 1010 mortos desde o início da pandemia.

Na região do Algarve, o boletim regista 123 novos casos, acumulando-se 41.333 infeções e 451 mortos.

A região autónoma da Madeira registou 32 novos casos, somando 11.979 infeções e 72 mortes atribuídas à Covid-19 desde março de 2020.

Os Açores têm mais cinco casos, contabilizando 8639 casos e 41 mortos desde o início da pandemia.

As autoridades regionais dos Açores e da Madeira divulgam diariamente os seus dados, que podem não coincidir com a informação divulgada no boletim da DGS.

O coronavírus já infetou em Portugal pelo menos 566.941 mulheres e 486.989 homens, mostram os dados da DGS, segundo os quais há 743 casos de sexo desconhecido, que se encontram sob investigação, uma vez que esta informação não é fornecida de forma automática.

Do total de vítimas mortais, 9359 eram homens e 8494 mulheres.

O maior número de óbitos continua a concentrar-se nos idosos com mais de 80 anos, seguidos da faixa etária entre os 70 e os 79 anos.

Do total de mortes, 11.653 eram pessoas com mais de 80 anos, 3824 com idades entre 70 e 79 anos e 1625 tinham entre 60 e 69 anos.

A Covid-19 provocou pelo menos 4.602.565 mortes em todo o mundo, entre mais de 223,06 milhões de infeções pelo coronavírus registadas desde o início da pandemia, segundo o mais recente balanço da agência France-Presse.

A doença respiratória é provocada pelo coronavírus SARS-CoV-2, detetado no final de 2019 em Wuhan, cidade do centro da China, e atualmente com variantes identificadas em países como o Reino Unido, Índia, África do Sul, Brasil ou Peru.

LEIA TUDO SOBRE A PANDEMIA DE COVID-19

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG

Patrocinado

Apoio de