Português foi uma das duas disciplinas com subida da média

A outra disciplina que também subiu foi Geometria Descritiva.

As notas no exame nacional de Português subiram em 2021 em relação ao ano anterior, contrariando a tendência generalizada de descida das médias, segundo uma análise realizada pela Lusa a dados do Ministério da Educação.

Pelo segundo ano consecutivo, devido à pandemia de Covid-19, os exames nacionais de 2021 continham várias perguntas opcionais e as provas serviam, essencialmente, para acesso ao ensino superior.

Mas, no ano passado, havia menos perguntas opcionais e as notas acabaram por descer, com exceção de apenas duas disciplinas: Português e Geometria Descritiva.

Em Português a média subiu de 11,98 valores em 2020 para 12,05 no ano passado, um ligeiro aumento de 0,06 valores, numa escala de zero a vinte. Em Geometria Descritiva a subida foi mais acentuada, passando de 11,24 para 12,36.

Todas as outras disciplinas registaram uma descida da média, com destaque para a Matemática A, Física e Química A, Geografia A e Biologia e Geologia.

Num universo de 633 escolas analisadas, 599 obtiveram média positiva (94,6%) a Português e apenas 34 registaram uma média negativa (5,5%).

Com a melhor média nacional surge o Colégio Nossa Senhora do Rosário, no Porto, onde a média dos 14 alunos que realizaram o exame foi de 17,91 valores.

A primeira escola pública entra em décimo lugar, com um único aluno da Escola Básica e Secundária António Bento Franco, na Ericeira, que realizou o exame e teve 16,5 valores.

Já no fim da tabela realizada pela Lusa, surgem sete escolas públicas e três privadas no grupo das dez com piores médias nacionais.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG

Patrocinado

Apoio de