Português proposto para língua de trabalho do Comité Paralímpico

Com o apoio de sete comités, língua de Camões vai ser votada para o Comité Paralímpico Internacional.

O português vai ser proposto como língua de trabalho do Comité Paralímpico Internacional (CPI), foi esta quinta-feira anunciado, numa medida que será votada na assembleia geral do organismo, no sábado e domingo, na cidade alemã de Bona.

A proposta foi submetida pelo Comité Paralímpico de Portugal e conta com o apoio de outros sete comités, de Angola, Brasil, Cabo Verde, Guiné-Bissau, Macau, Moçambique e Timor-Leste.

Segundo o presidente do organismo português, José Manuel Lourenço, citado em comunicado, esta é uma proposta que pretende "o desenvolvimento e a afirmação da língua portuguesa no mundo", potenciando também "mais inclusão social pelo desporto".

Já o presidente do comité brasileiro, Mizael Conrado, vê este como um momento de justiça, pela "enorme representatividade que os países de língua portuguesa têm no movimento paralímpico internacional".

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG

Patrocinado

Apoio de