Posse do Governo só em meados de março, castigos do clássico revelados e outros destaques TSF

Tribunal Constitucional mandou repetir as eleições nas secções de voto onde se registaram problemas.

Com a decisão do Tribunal Constitucional (TC) de declarar, por unanimidade, a nulidade das eleições legislativas no círculo da Europa, que terão de ser repetidas, o Governo só deverá tomar posse a meio do próximo mês, entre 10 e 12 de março. Algo que acontece porque só se pode dar posse ao novo Executivo depois de apurados todos os votos.

Para Rui Rio, a decisão do Tribunal Constitucional de repetir a eleição nas secções de voto onde houve problemas vem dar razão ao PSD.

O Conselho de Disciplina (CD) da Federação Portuguesa de Futebol (FPF) abriu vários processos disciplinares na sequência dos acontecimentos durante e no final do FC Porto-Sporting, de sexta-feira. Pepe, do FC Porto, e Tabata, do Sporting, ficam suspensos preventivamente. O Conselho de Disciplina anunciou também o castigo de dois jogos para Marchesín e de três para Palhinha, jogadores que foram expulsos já depois do apito final. Mas as penalizações não se ficam por aqui.

O secretário de Estado adjunto e da Saúde, António Lacerda Sales, antecipou a reunião entre o Governo e os peritos que está marcada para esta quarta-feira e antevê o alívio de restrições "progressivo, gradual e cauteloso", bem como alterações na testagem.

Já a diretora-geral da Saúde, Graça Freitas, abre a porta a novas alterações nas regras dos isolamentos e avisa para a importância de não existirem "sobressaltos" no desagravamento da situação epidemiológica.

O economista Pedro Gomes defende, no seu livro lançado na semana passada em Portugal e apresentado esta segunda-feira à tarde no ISCTE, que fazer da sexta-feira o novo sábado, implementando uma semana de quatro dias de trabalho, pode salvar a economia. Para o professor da Universidade de Londres, Estado, empresas e famílias ganham com o que considera ser uma adaptação da realidade laboral ao século XXI e a questão não é se vai acontecer, mas sim quando.

Já terminou a reunião entre Vladimir Putin e Olaf Scholz. O Presidente russo recebeu o Presidente alemão em Moscovo. Na conferência de imprensa final, o chefe de Estado russo garantiu que não quer entrar em guerra com a Ucrânia. Putin diz que prova disso é a abertura que tem demonstrado para um processo negocial.

Apoiantes do Presidente brasileiro, Jair Bolsonaro, iniciaram uma campanha, usando informações falsas para insinuar nas redes sociais que teria influenciado o Presidente da Rússia, Vladimir Putin, a evitar um conflito na Ucrânia.

O objeto que irá colidir com a Lua em março terá sido afinal construído pela China e não pela Space X, como foi anunciado inicialmente. Os especialistas explicam agora que a leitura foi feita de forma errada, sublinhando que, de facto, o foguetão irá atingir a superfície lunar a 4 de março, mas não foi construído pela empresa de Elon Musk, mas sim por Pequim.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG

Patrocinado

Apoio de