Presidente e diretora técnica de lar em Santarém infetadas com Covid-19

Comandante dos bombeiros diz que a diretora tinha feito o teste e que, apesar de não ter ficado em quarentena, teve cuidados acrescidos.

A presidente e a diretora técnica de um lar de idosos em Alcanhões, no distrito de Santarém, acusaram positivo no teste de despiste da Covid-19. De acordo com um comunicado na página do Facebook do Lar Evangélico Nova Esperança, as duas estão a ser acompanhadas e estão em isolamento.

O comandante dos Bombeiros Sapadores de Santarém e coordenador municipal de Proteção Civil, José Guilherme, explica que se está a fazer o levantamento sobre quem teve potencial contacto com o vírus.

Questionado pela TSF sobre se os 25 utentes e funcionários do lar vão agora ser testados, explica que esse é um procedimento que a direção do lar tem de levar adiante. Porém, garante, "está-se a fazer um levantamento de despistagem [para saber] com quem é que ela lidou".

"A diretora tinha feito o teste, não ficou em quarentena, deslocou-se a alguns locais, mas ia com a máscara" afirma o comandante dos bombeiros.

Berta Simão, filha de uma das utentes do lar, admite estar preocupada e espera que "sejam criadas condições de alojamento como medidas para acautelar testes, isolamentos e apoio a estes idosos", já que estas pessoas deverão ter estado em contacto com a diretora do lar.

Outras Notícias

Outros Conteúdos GMG

Patrocinado

Apoio de