"Problemas estruturais gravíssimos." Forças de segurança manifestam-se em Viseu

Em declarações à TSF, o presidente da associação sindical da PSP, Paulo Santos, e o presidente da Associação Socioprofissional da Guarda, César Nogueira, chamam a atenção para vários problemas que afetam as forças de segurança.

Em defesa de mais investimento e do fim das restrições nas forças de segurança, a Polícia e a GNR vão protestar na tarde desta segunda-feira. O epicentro das reivindicações dos dirigentes sindicais é o final da quarta etapa da Volta a Portugal em bicicleta, em Viseu.

Em declarações à TSF, o presidente da associação sindical da PSP, Paulo Santos, diz que o objetivo do protesto é combater problemas de fundo que estão a afetar a polícia. "Há problemas estruturais gravíssimos na PSP que são a falta de candidatos e de atratividade".

Na opinião do sindicalista, "é necessário rejuvenescer a instituição" e, para isso, é "importante sentar os representantes sindicais, olhar para as tabelas remuneratórias, aumentar a atratividade".

Com as reivindicações expostas, os sindicatos esperam encontrar "condições de trabalho que permitam desenvolver ambição policial por forma a ir ao encontro às ambições policiais das populações e não continuarmos sempre com o paradigma dos anteriores governos: restrições, limitações e falta de investimento."

No protesto, vão estar "alguns dirigentes e delegados sindicais, com outros da associação da GNR, da APG, e vamos ter algumas tarjas, faixas e bandeiras", concluiu Paulo Santos.

Para César Nogueira, o presidente da Associação Socioprofissional da Guarda, os militares são prejudicados em relação aos polícias, porque, desde 2009, não existe nenhuma atualização nas tabelas remuneratórias.

Além dessa mudança, os militares também reivindicam, por exemplo, "o horário de serviço", porque, "com a desculpa de falta de efetivos, retiram-se folgas e descansos complementares". No entanto, a realidade da falta de efetivos acaba por ser real, mas "também existe uma má gestão" na abertura de vagas para especialidades.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG

Patrocinado

Apoio de