Procura por cabeleireiros e serviços de estética disparou nas últimas semanas

Estudo do OLX revela que os portugueses estão mais ativos na pesquisa por este tipo de serviços. Confinamento impede a abertura destes estabelecimentos.

Um estudo do OLX concluiu que, apesar das restrições impostas pelo confinamento, a procura por serviços de cabeleireiro, estética e massagem aumentou entre a primeira quinzena de janeiro e a segunda quinzena de fevereiro.

O número de pesquisas por cabeleireiro ou barbeiros subiu 70% da primeira para a segunda quinzena, momento que coincidiu com o início do segundo confinamento. Os dados divulgados pelo OLX mostram ainda que houve um aumento de respostas aos anúncios, sendo que os distritos com maior procura foram Lisboa e Porto.

Em relação aos serviços de estética, o OLX explica em comunicado que "o número de respostas a anúncios aumentou 35% entre a primeira e a segunda quinzena de janeiro, e voltou a subir 26% no início de fevereiro. Já a procura por massagens, os números caíram 14% em janeiro, mas aumentaram mais de 20% nos primeiros 15 dias de fevereiro. O preço médio anunciado também subiu 14%.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG

Patrocinado

Apoio de