Proteção Civil regista mais de 200 ocorrências devido a chuva e trovoada

A maioria dos incidentes registados - quase 150 - são inundações.

Registaram-se mais de duas centenas de ocorrências entre as 00h00 e as 12h00 deste sábado, em todo o país, devido à chuva forte e trovoada.

O comandante da Autoridade Nacional de Emergência e Proteção Civil (ANEPC), Alberto Fernandes afirmou à TSF que, entre as 00h00 e as 12h00, foram registadas 201 ocorrências, que envolveram 620 operacionais e 227 meios terrestres.

Grande parte das ocorrências deveu-se a pequenas inundações de estruturas ou superfícies por precipitação intensa (147), tendo ocorrido também sete movimentos de terra.

Os distritos de Lisboa (62 ocorrências), Porto (42) e Leiria (28) foram os mais afetados.

As ocorrências não provocaram vítimas, nem danos, adiantou o comandante da ANEPC.

O Instituto Português do Mar e da Atmosfera (IPMA) colocou hoje os distritos de Viseu, Guarda, Coimbra, Santarém, Lisboa e Setúbal sob aviso laranja até às 15h00, devido à previsão de trovoada e chuva forte ou intensa.

Sob aviso amarelo estão os distritos de Viana do Castelo, Braga, Porto, Aveiro e Bragança até às 18h00, e Vila Real, até às 21h00, devido a chuva ou a trovoada, no caso do último distrito.

O aviso laranja indica situação meteorológica de risco moderado a elevado e o amarelo é emitido pelo IPMA sempre que existe uma situação de risco para determinadas atividades dependentes da situação meteorológica.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG

Patrocinado

Apoio de