Quatro concelhos não avançam no desconfinamento, dez estão em alerta. Saiba quais

Braga, Lisboa, Odemira e Vale de Cambra não vão acompanhar o resto do país na passagem para as novas regras.

Há quatro concelhos em Portugal Continental que não vão avançar no desconfinamento a partir do dia 14 de junho. Depois de o Governo já ter confirmado, esta manhã, que Braga e Lisboa não acompanham a generalidade do país, a ministra Mariana Vieira da Silva anunciou, no briefing pós-Conselho de Ministros, que também Odemira e Vale de Cambra vão continuar a reger-se pelas regras de 1 de maio.

Estes quatro municípios registam, pela segunda avaliação consecutiva, uma taxa de incidência superior a 120 casos por cem mil habitantes nos últimos 14 dias (ou superior a 240 se forem concelhos de baixa densidade) e ficam para trás.

"Nenhum concelho regride" no desconfinamento, assinalou também a governante, antes de divulgar a lista de dez concelhos em estado de alerta por registarem, pela primeira, vez uma taxa de incidência superior aos limiares definidos. São eles Albufeira, Alcanena, Arruda dos Vinhos, Cascais, Loulé, Paredes de Coura, Santarém, Sertã, Sesimbra e Sintra.

LEIA AQUI TUDO SOBRE A COVID-19

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG

Patrocinado

Apoio de