Quem já teve covid-19 pode agendar vacina a partir de junho

Prioridade será decidida de acordo com a faixa etária.

As pessoas que recuperaram da infeção por SARS-CoV-2 há mais de seis meses de infeção vão poder marcar a sua vacinação através do portal de autoagendamento do Serviço Nacional de Saúde.

A possibilidade vai estar disponível a partir da primeira semana de junho.

A informação foi confirmada à TSF por fonte oficial da 'task force' responsável pela organização do processo de vacinação.

A entidade liderada pelo vice-almirante Henrique Gouveia e Melo prevê que até ao final deste mês de maio toda a população com mais de 60 anos estará vacinada, avançando-se, de se seguida, para as idades abaixo desta fasquia, por ordem decrescente, ou seja, dando prioridade às idades mais velhas.

Em paralelo, também as pessoas infetadas há mais de seis meses poderão começar a agendar a sua vacinação, mas sempre "de acordo com a faixa etária a que pertencem" e assim que "a esmagadora maioria das pessoas com idade igual ou superior a 60 anos" já tenham sido vacinadas.

Desde o início da pandemia, segundo a Direção-Geral da Saúde (DGS), Portugal registou 16.999 mortos com covid-19 e 841.379 casos de infeção confirmados.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG

Patrocinado

Apoio de