Quinta dose da vacina contra a Covid no outono? "É razoável pensar que sim"

O coordenador da task force da vacinação, coronel Penha Gonçalves, admite que a população mais vulnerável volte a receber uma dose de reforço da vacina no outono.

O coordenador da task force da vacinação, coronel Penha Gonçalves, juntou-se a Graça Freitas e admitiu a possibilidade de que os grupos mais vulneráveis à Covid-19 voltem a receber um reforço da vacina antes do inverno.

Questionado sobre a possibilidade em entrevista à SIC Notícias, Penha Gonçalves respondeu: "Eu não quero antecipar o cenário, mas é razoável pensar que sim."

O coronel responsável pela vacinação lembra que ao mesmo tempo que os grupos vulneráveis estão a receber a segunda dose de reforço, há "cerca de um milhão de pessoas que ainda não tomaram a primeira dose de reforço", além de outro milhão de pessoas que não tomou por ter estado infetada com o vírus no inverno.

Perante a baixa afluência de pessoas aos centros de vacinação atualmente, o coordenador da task force rejeita que seja por falta de condições. "O sistema tem flexibilidade para absorver uma maior afluência. O que não podemos é ter centros abertos e com profissionais sem pessoas para vacinar", explica, garantindo que "todos os Agrupamentos de Centros de Saúde (ACES) têm centros de vacinação para a população".

Sobre o possível alargamento da vacinação da quarta dose para os maiores de 60 anos, Penha Goncçalves diz que "é um critério que a DGS aplicará em tempo oportuno", mas "neste momento temos de vacinar esta faixa mais vulnerável".

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG

Patrocinado

Apoio de