Reações adversas às vacinas Covid, atropelamento mortal com carro de Cabrita e outros destaques TSF

Desde o início da campanha de vacinação a 27 de dezembro de 2020 até ao passado domingo, foram registadas 7576 notificações de reações adversas, num total de 7 371 032 doses administradas.

Mais de 7500 suspeitas de reações adversas às vacinas contra a Covid-19 foram notificadas em Portugal, entre as quais 51 casos de morte em idosos, segundo segundo um relatório do Infarmed divulgado esta sexta-feira.

Uma pessoa morreu atropelada na autoestrada A6, quilómetro 77.6, junto a Évora, freguesia de São Bento do Mato, no sentido Évora-Lisboa, num acidente que envolveu o carro que transportava o ministro Eduardo Cabrita, anunciou o Ministério da Administração Interna (MAI). No acidente estiveram envolvidos 27 operacionais e 12 viaturas, segundo o site da Autoridade Nacional de Emergência e Proteção Civil (ANPC).

Fernando Medina explicou as conclusões à auditoria interna realizada à Câmara de Lisboa, e salientou mais uma vez que a situação que se verificou com o envio de dados à embaixada russa não foi caso único, continuando a verificar-se depois da extinção dos governos civis, em 2011.

As entradas e saídas da Área Metropolitana de Lisboa estão proibidas desde as 15h00 desta sexta-feira e até às 6h00 de segunda-feira. A medida que saiu do Conselho de Ministros desta quinta-feira é legal? O constitucionalista Paulo Otero é da opinião que sim, à luz da Lei da Proteção Civil, mas tem dúvidas quanto à sua adequação e proporcionalidade.

Enquanto esta nova medida entrou em vigor, Lisboa e Vale do Tejo é a região do país que apresenta o índice de transmissibilidade (Rt) do vírus SARS-CoV-2 mais elevado, tendo aumentado dos 1,12 para os 1,20 numa semana, anunciou o INSA.

Em Antuérpia, na Bélgica, quatro trabalhadores portugueses estão dados como desaparecidos depois do desabamento de uma escola que estava ainda em construção e que provocou a morte a pelo menos uma pessoa, cujo corpo ainda está por recuperar.

Durante uma previsão do jogo de sábado frente à Alemanha, Fernando Santos descarta o favoritismo, mas reconhece que, desde que venceu o Europeu em 2016, a seleção portuguesa passou a ser mais respeitada.

Na seleção dinamarquesa, o jogador Christian Eriksen, que sofreu uma paragem cardíaca no primeiro jogo da seleção nórdica no Euro 2020, vai passar a estar munido de um desfibrilador interno para evitar futuras situações de perigo. O aparelho que Eriksen vai receber é, nas palavras do médico coordenador da unidade de Arritmologia, Pacing e Eletrofisiologia do Centro Hospitalar Universitário de Lisboa Central, Mário Oliveira, à TSF, como um pequeno "anjo da guarda" do coração.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG

Patrocinado

Apoio de